Em negociações com o ministro chefe da Casa Civil, Onix Lorenzoni, nesta quarta-feira (10), o prefeito Rafael Greca discutiu a liberação de R$ 146,8 milhões para obras de mobilidade, habitação, saúde e drenagem para Curitiba.

+Leia mais! ‘Viaduto triplo’ vai desafogar importante avenida de Curitiba. Entenda!

Segundo a prefeitura, para a área de mobilidade, a pauta incluiu a licitação para o Ligeirão Praça do Japão-Pinheirinho, autorização de obras do Ligeirão Capão da Imbuia-Praça Rui Barbosa, verbas para acelerar o terminal do Tatuquara e garantias de recursos para o viaduto triplo na Linha Verde com Victor Ferreira do Amaral.

“O ministro abriu sua atribulada agenda para nos receber, pudemos assim defender os interesses de Curitiba”, disse Greca.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Terminal do Tatuquara

O novo terminal custará R$ 8,2 milhões, com recursos do governo federal e contrapartida da prefeitura. A previsão é de que os trabalhos durem entre 12 e 15 meses. A obra inicia quase cinco anos após o desenvolvimento do projeto e ao menos três mudanças na data de início da construção. O Tatuquara faz parte do pacote de construção ou reforma de nove terminais anunciados pelo prefeito Rafael Greca (PMN).

Obras da Linha Verde estão paradas? Entenda por que isso está acontecendo!