A pandemia de coronavírus (covid-19) causou sete novas mortes de moradores de Curitiba e o vírus Sars-Cov-2 infectou outros 352 moradores da capital, revela o boletim epidemiológico deste sábado (17). Seis desses óbitos ocorreram nas últimas 48 horas. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), com os novos registros Curitiba contabiliza 48.838 casos confirmados e 1.408 óbitos de pessoas que moram na cidade e que testaram positivo para a nova doença, desde o mês de março. Mas 44.330 pacientes, que representam cerca de 90,76% dos contaminados, já estão recuperados. 

As novas vítimas são cinco homens e duas mulheres, com idades entre 62 anos e 87 anos. Todas estavam internadas e tinham algum fator de risco para complicações da covid-19.

Ocupação nas UTIs

A capital, que segue em bandeira amarela do protocolo de prevenção ao coronavírus, tem registrado queda na ocupação de leitos exclusivos para pacientes com coronavírus, como mostram os últimos boletins da SMS. Neste sábado a taxa de ocupação dos 285 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 é de 73%. Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença. No momento restam 77 leitos livres.

Casos ativos

Com os novos casos confirmados, de acordo com a prefeitura, agora são 3.100 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus. Esse número de casos ativos de covid-19 subiu um pouco em relação aos registrados na sexta-feira (16), quando Curitiba tinha 2.975 casos ativos. Na quinta-feira (15), o número era ligeiramente menor, com 2.958 casos ativos. Há uma semana, a capital contava com 3.329 casos ativos.

Na sexta-feira, ainda segundo os painéis da SMS, a taxa de replicação da doença (Rt) – que mostra para quantas pessoas um paciente pode transmitir o vírus Sars-Cov-2 – era de 0,96. Há sete dias o Rt era de 0,91 na cidade. Valores considerados positivos pelas autoridades de saúde, por estarem abaixo de 1 – o que significa que um infectado com a covid-19 está transmitindo a doença para menos de uma pessoa. Essa taxa não foi divulgada neste sábado.