Curitiba divulgou, no boletim epidemiológico desta sexta-feira (9), o registro de nove novas mortes provocadas pela covid-19 e mais 349 infecções por novo coronavírus entre seus moradores. Os novos dados da pandemia aumentam para 1.355 o total de óbitos e para 46.775 a soma de casos confirmados, computados desde 11 de março.

LEIA MAIS – Voto é obrigatório em 2020 mesmo pra quem é do grupo de risco para a covid-19

Com vários indicadores da pandemia em queda nos últimos dias – como o de casos confirmados, ativos e internamentos – Curitiba permanece em bandeira amarela do protocolo sanitário de combate ao coronavírus nesta sexta-feira. Pelo mesmo motivo, a Secretaria Municipal de Saúde da capital anunciou a liberação de pequenos eventos e atividades culturais, com a participação de até 50 pessoas, a partir deste sábado (10).

Casos ativos e retransmissão

De acordo com a SMS, 3.329 habitantes da capital que testaram positivo para covid-19 ainda estão na fase ativa e de transmissão do Sars-Cov-2. No boletim anterior, o índice era 3.306 casos. Conforme dados da secretaria, estes são os menores números de casos ativos desde o início do mês de julho, quando a curva começou a subir na cidade. Ainda em julho deste ano, na segunda quinzena, Curitiba chegou a ter 7.992 pessoas em fase ativa e de propagação da doença.

Outro indicador que apresentou redução, segundo os painéis da covid-19 apresentados pela SMS nesta sexta-feira, foi o da taxa de replicação da doença (Rt), que é de 0,91 atualmente e está há vários dias abaixo de 1.

LEIA AINDA – UFPR recruta cães cujos donos foram infectados pelo coronavírus

“Hoje 20 dias com R abaixo de 1. O R é a nossa taxa de replicação da doença. Nós tivemos momentos de um número elevado e tivemos baixa, mas ela não foi constante. Então agora, parece que a gente tá numa constante, com nosso R abaixo de 1, que significa que uma pessoa está transmitindo para menos de uma pessoa”, explicou a secretária municipal de Saúde, Márcia Huçulak, durante a transmissão do boletim, pelo YouTube.

Em Curitiba, além dos casos ativos, outros 42.091 dos pacientes que foram infectados com o novo coronavírus já estão recuperados.

Vidas perdidas

Não resistiram às complicações causadas pela covid-19 mais cinco mulheres e quatro homens que vivam em Curitiba. As vítimas tinham entre 25 e 87 anos e apresentavam doenças crônicas ou fatores de risco. Seis delas faleceram nas últimas 48 horas e os outros óbitos aconteceram em datas anteriores.

Nos hospitais

Nos hospitais da capital que integram o Sistema Único de Saúde (SUS), a taxa de ocupação nos 319 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) exclusivos para covid-19 é de 66% nesta sexta-feira.

Segundo a prefeitura, mesmo com o fechamento de 10 leitos, em comparação com o dia anterior, ainda há 107 leitos de UTI do SUS livres, que podem receber pacientes com coronavírus ou síndrome respiratória aguda grave (SRAG).

Covid-19 em gráficos