A Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba aumenta a partir desta sexta-feira (27) em 31% o número de vagas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em hospitais públicos ou privados. Isto representa 237 novos leitos, totalizando 998 em toda a capital, somando o Sistema Único de Saúde (SUS) e particulares.  Além disto, reforça em 850 o número de profissionais que irão para a linha de frente ao combate ao novo coronavírus.

LEIA MAIS Vacinação da gripe em Curitiba deve voltar na próxima segunda-feira

Além dos 237 leitos de UTI, a capital ainda abrirá mais 607 leitos de baixa complexidade em toda a rede do município. Considerando os novos leitos de UTI (237) e demais novos leitos (607), há um acréscimo de 15% na rede toda. Márcia Huçulak, secretaria municipal de saúde de Curitiba acredita que esta ação dará maior eficiência e agilidade ao sistema. “Trata-se de um plano de contingência para ganharmos eficiência no enfrentamento à pandemia. Quanto mais efetivos formos na contenção no atendimento de quem precisa, melhor o resultado para a saúde pública de Curitiba”, disse a secretária.

Reorganização

Com a reorganização, 11 unidades de saúde funcionarão exclusivamente para vacinação do Calendário Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde (lista abaixo). Em outras 74 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), vai ocorrer a separação de pessoas logo na entrada. Quem estiver com suspeita do novo coronavírus, irá para um outro espaço dentro da UPA.

VEJA TAMBÉM – Após dia movimentado, Barigui tem bloqueios pra evitar aglomerações

“É importante destacar que essa mudança não implica em nenhuma redução de serviços de saúde para os usuários dessas unidades, que continuarão a receber todos os medicamentos a que estavam acostumados e a serem atendidos nas unidades próximas”, relatou Márcia.

Linha de frente contra o Coronavírus

Com a mudança, 26 UPAs, irão transferir o atendimento para outras unidades e todos os profissionais desses locais irão reforçar o atendimento no restante da rede. Com isso, 850 profissionais irão para a linha de frente ao combate ao novo coronavírus.

LEIA TAMBÉM – Produtores e feirantes entregam alimentos pelo WhatsApp na quarentena em Curitiba

Já os atendimentos eletivos, aqueles que são agendados e que não têm urgência, estão suspensos momentaneamente. Além disso, as receitas de medicamentos de uso contínuo foram renovadas automaticamente por mais 90 dias. Para usuários a partir de 70 anos ou com qualquer condição crônica – como diabéticos, hipertensos e imunodeprimidos – a entrega dos medicamentos será domiciliar ou algum familiar poderá fazer a retirada. Materiais para curativo e bolsas de colostomia seguem a mesma lógica. 

Novo atendimento

Quem tinha como unidade de referência alguma das unidades cujo serviço será remanejado neste período, precisa verificar qual passa a ser a sua nova unidade de referência neste momento. Veja as listas abaixo.

Lista de 74 unidades básicas de saúde que atenderão urgências odontológicas, quadros respiratórios graves e os atendimentos essenciais

Lista de 11 unidades de básicas de saúde que disponibilizarão vacinas do Calendário Nacional de Vacinação 

Lista de unidades básicas de saúde que terão atendimento redirecionado e qual a respectiva nova unidade de referência

Como prevenir a contaminação por coronavírus

  • Lavar as mãos com frequência/ ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações;
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis, e depois lavar as mãos).

Baixe o guia de prevenção para compartilhar!

Imprima esse guia em PDF com informações sobre a prevenção do Coronavírus e outras doenças respiratórias virais: