“O sangue fala mais alto e não tem hora para agir”, assim definiu o tenente-coronel Hudson Leôncio Teixeira, da Polícia Militar, que mesmo na sua folga prendeu um homem na madrugada deste sábado (23). Quando passava pelo Centro de Curitiba, ele observou um homem de 33 anos em atitude suspeita. Após a abordagem, foram encontrados 20 pinos de cocaína e seis pedras de crack.

O Tenente seguia no seu carro particular para o quartel para realizar exercícios quando visualizou na Travessa Nestor de Castro com a Rua do Rosário, uma movimentação estranha de pessoas que indicava um comércio de entorpecentes na região do Largo da Ordem.

+ Leia mais: Carrossel do Passeio Público inaugura domingo: brincadeira vai ser de graça

“Desci do carro e fiz a abordagem. Alguns indivíduos fugiram, mas consegui imobilizar uma pessoa. Fui obrigado a usar técnicas, pois o rapaz tentou engolir as drogas. Entrei em contato com o Centro de Operações da Polícia (COPOM) e logo chegou uma viatura”, relatou Hudson Teixeira.

Com a chegada de outros policias, foi realizada uma vistoria e na mão esquerda foi encontrado crack e dentro de um copo plástico, os pinos de cocaína. O homem preso pelo tenente-coronel foi encaminhado à Central de Flagrantes de Curitiba, onde foi constatada cinco passagens policiais.

Já o Tenente espera ter um sábado mais tranquilo pela frente, especialmente dentro de casa. “Não conseguia dormir mais e decidi ir para o quartel. Dormi pouco, pois trabalhei até meia noite. A mulher que não está muito satisfeita”, contou Hudson que demonstrou a corporação e a sociedade que o lema da Polícia Militar segue firme no propósito de” Servir e Proteger”.