As aulas em todos os colégios do Paraná serão suspensas a partir da próxima sexta-feira (20). A decisão foi anunciada pelo governador Ratinho Júnior em entrevista coletiva no Palácio Iguaçu, sede do governo, no bairro Centro Cívico, como medida para evitar a propagação do Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

De acordo com o último boletim da Secretaria de saúde, são seis casos confirmados (embora outros estejam submetidos a exames de contraprovas), 85  suspeitos e sob análise, e 82 casos descartados. No início da noite a Secretaria de Saúde de Curitiba confirmou outros dois casos.

Outros dois novos casos foram mencionados nas últimas horas, um em Campo Largo e outro em Pinhais, ambos na região metropolitana de Curitiba, mas que ainda não entraram na lista. “Existem casos confirmados por laboratórios não oficiais, que carecem de confirmação pelo nosso laboratório central. Assim que tivermos a resposta, avisaremos. São 85 casos suspeitos”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Segundo Ratinho, uma equipe já trabalhava nessas medidas desde o surgimento dos primeiros casos da doença. O governador tentou tranquilizar a população, dizendo que os casos registrados no Paraná ainda não são de transmissão comunitária, ou seja, contraídas dentro do estado. “Importante acalmar a população. Cada estado tem sua realidade e sua dinâmica do vírus. No Paraná ainda não houve registro de transmissão comunitária, só pessoas que vieram do exterior e que já estão sendo tratadas”, disse.

O secretário Beto preto falou que nos próximos dias outras decisões serão tomadas, inclusive sobre atividades comerciais, como shoppings. “Nos próximos dias, até segunda feira, o Governo vai emitir nova orientação visando principalmente estas atividades, pois não adianta deixar crianças fora de sala de aula, em um olhar para isso”.

Governo do Paraná apresenta medidas para o combate ao coronavírus (Covid-19). Governador Ratinho Júnior fala direto do Palácio Iguaçu, em Curitiba.

Posted by Tribuna do Paraná on Monday, March 16, 2020

Demais medidas

Desde esta segunda-feira (16), ficam suspensas as visitas a teatros, cinemas, bibliotecas, museus e outros eventos artísticos e culturais, por tempo indeterminado; as visitas a hospitais, penitenciárias e centro de socioeducação, por tempo indeterminado; os eventos públicos ou particulares, de qualquer natureza, com reunião de público acima de 50 pessoas.

+ Leia mais: Para proteger idosos, Prefeitura fecha clubes de convivência e vai entregar remédios em casa

Foto: Rodrigo Feliz Leal / AEN-PR
  • Ficam suspensas as férias e licenças de servidores da Secretaria da Saúde, da Secretaria da Segurança Pública e Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, a partir de 23 de março.
  • Será concedido regime de trabalho remoto ou escalas diferenciadas e adoções de horários alternativos nas repartições públicas. Nesse ponto, será obrigatório o trabalho remoto aos servidores públicos acima de 60 anos, com doenças crônicas, problemas respiratórios, gestantes, lactantes; e aos servidores que apresentarem quaisquer dos sintomas do COVID-19 e regressos de localidades onde o surto tenha sido reconhecido, no prazo de 14 dias. Na impossibilidade técnica de conceder trabalho remoto a esses servidores, os mesmos deverão ser afastados de suas atividades sem prejuízo da remuneração ou subsídio.
  • Ficam dispensados, sem prejuízo na remuneração, todos os estagiários no âmbito da administração direta, autárquica e fundacional do Estado.
  • Os diretores dos órgãos e entidades deverão reavaliar a necessidade da
    permanência ou a diminuição dos empregados de empresas terceirizadas que prestam serviço para administração.
  • A Secretaria da Fazenda fará contingenciamento do orçamento para que os esforços financeiro-orçamentário sejam redirecionados para a prevenção e combate do Covid-19.
  • A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) deverá adotar medidas de profilaxia e expedição de recomendação no âmbito do transporte público coletivo.
  • O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) estudará a possibilidade de
    direcionar sua linha de produção para fabricação de álcool em gel a ser
    adquirido pela administração direta e indireta do Poder Executivo.
  • A administração direta, autárquica e fundacional do Estado deverá
    disponibilizar álcool em gel em todas as repartições públicas.
  • Os órgãos e entidades da administração pública estadual deverão aumentar a frequência de limpeza dos banheiros, elevadores, corrimãos e maçanetas, além de instalar dispensadores de álcool em gel nas áreas de circulação e no acesso às salas de reuniões.
  • O Estado poderá adotar as seguintes medidas: isolamento, quarentena, exames médicos, testes laboratoriais, coleta de amostras clínicas, vacinação e outras medidas profiláticas, tratamentos médicos específicos e estudos ou investigação epidemiológica.
  • Os órgãos e entidades da administração pública estadual e municipal deverão compartilhar dados essenciais à identificação de pessoas infectadas ou com suspeita de infecção, assim como as pessoas jurídicas de direito privado quando os dados forem solicitados por autoridade sanitária.
  • As secretarias de Saúde, Agricultura e Segurança Pública vão desenvolver operação nas fronteiras do Estado para orientação, averiguação e monitoramento da movimentação de pessoas nos limites geográficos estaduais.

Suspensão nas Municipais

A prefeitura de Curitiba decidiu suspender as aulas da rede municipal a partir da próxima segunda-feira (23). A suspensão vai ser até 12 de abril para prevenir o contágio do coronavírus. O município tem 185 escolas e 228 creches com 140 mil alunos matriculados. Alunos que faltarem na semana atual terão faltas abonadas.

Como prevenir a contaminação por coronavírus

  • Lavar as mãos com frequência/ ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações;
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis, e depois lavar as mãos).

Baixe o guia de prevenção para compartilhar!

Imprima esse guia em PDF com informações sobre a prevenção do Coronavírus e outras doenças respiratórias virais: