O temporal provocado pela passagem de um “ciclone bomba” por Curitiba e outras cidades do sul do Brasil, compromete o abastecimento de água desde o fim da tarde desta terça-feira (30), na capital e em municípios da região metropolitana.

LEIA TAMBÉM – Julho começa com falta de água e rodízio em Curitiba e região. Veja!

De acordo com a Sanepar, a falta de água se dá pela queda de energia elétrica provocada pelas fortes chuvas. São afetadas várias regiões de Curitiba, além das cidades de Mandirituba, Lapa, Campo Largo, Almirante Tamandaré, São José dos Pinhais e Colombo.

LEIA MAIS – Curitiba acata decisão de Ratinho Junior e vai fechar comércio nesta quarta

Segundo a empresa, ainda não há previsão para o retorno da energia elétrica e a normalização do abastecimento de água, assim, a orientação é evitar desperdícios. “A Sanepar conta com a compreensão de todos e alerta para que seja feito uso racional da água”, pede a Sanepar, em nota divulgada no site oficial do governo estadual.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?