Quatro professoras sofreram um arrastão dentro de uma escola municipal enquanto ajudavam a descarregar um caminhão com kits de alimentação para os alunos na manhã desta quinta-feira (26), no bairro Pinheirinho, em Curitiba. “Ele aproveitou que o portão estava aberto por causa do descarregamento dos kits e entrou pedindo água. Como estamos sem água por causa do rodízio da Sanepar, ele sacou um revólver e nos rendeu”, conta uma das professoras que estava no momento do assalto. Ela não quis se identificar.

LEIA TAMBÉMFurtos e roubos caem em nove meses de 2020 em Curitiba e no Paraná

O assaltante levou as quatro professoras para a sala da direção e levou três celulares. “Ele fechou encostou a porta, para que a gente não visse a direção em que ele iria fugir. Foi tudo muito rápido, coisa de três quatro minutos”, relembra a professora.

Por causa da situação, a professora pede mais segurança para trabalhar. “Por causa da pandemia, a gente trabalha sem nenhuma segurança. Durante a semana, quando não tem entrega de kits, ficamos só em duas professoras. Nós temos medo de que isso volte a acontecer”, revela.

A escola municipal de ensino fundamental Vereadora Laís Peretti recebeu os kits de alimentação nesta quinta-feira, de acordo com o cronograma estabelecido pela Secretaria Municipal de Educação. Conforme o calendário de rodízio da Sanepar, a escola, que fica no Pinheirinho, está em regime de rodízio desde a tarde desta quarta (25).

A Guarda Municipal foi acionada e um boletim de ocorrência foi registrado. O suspeito fugiu e não foi localizado até o fim da manhã desta quinta-feira.