Um balão enorme caiu sobre o terraço de um prédio de três andares na manhã deste sábado (12), no bairro Portão, em Curitiba, e deu trabalho ao Corpo de Bombeiros para a sua retirada. O objeto foi visto caindo por volta das 8h e havia a suspeita de incêndio do local. A ocorrência foi na Rua Cecílio Toniolo, esquina com a Avenida República Argentina. Apesar da preocupação, o balão já caiu apagado. Ninguém se feriu.

Segundo o tenente Hanauer, do 1º Grupamento dos Bombeiros, a equipe teve que realizar um trabalho em altura para retirar o balão do prédio, numa tarefa bastante arriscada pra chegar no terraço. “Essa é uma situação que você não pode pensar que há uma segunda chance. Você pode acabar escorregando. Sempre requer um cuidado. Mas a gente atende a situação. Foi informado de que havia um princípio de incêndio. Felizmente, não teve”, disse Hanauer.

Bombeiros tiveram trabalho para resgatar balão. Foto: Lineu Filho / Tribuna do Paraná
Bombeiros tiveram trabalho para resgatar balão. Foto: Lineu Filho / Tribuna do Paraná

O tenente ainda explicou que não é tão comum a presença de balões nessa época do ano, ainda assim, eles são soltos e fazem estragos. “Não é tão comum como ocorre nas festas de São João, quando a incidência é maior. Mas, foi mais uma situação envolvendo balão e, graças a Deus, esse já caiu apagado e não causou nenhum prejuízo a mais. As pessoas não desistiram desta prática. Isso ainda causa transtornos. Volta e meia, temos visto incêndios florestais, danos à residências e outros problemas causados por acidentes com balões”.

+ Leia mais: Sábado e domingo de muito calor na região de Curitiba; frente fria chega de mansinho

Após ser retirado do terraço, o objeto foi recolhido para a viatura do Corpo de Bombeiros. Fabricar, vender, transportar ou soltar balões é crime, de acordo com a Lei n 9.605, de 12 de fevereiro de 1998. A pena é de detenção de um a três anos ou multa, ou ambas as penas em conjunto.

Lineu Filho / Tribuna do Paraná
Lineu Filho / Tribuna do Paraná