Feriado com calor é um desejo de quase todos os trabalhadores. O problema é que a turma abusa e às vezes não mede as consequências que atos imprudentes podem ter no restante de suas vidas. Beber e dirigir, por exemplo, é uma das combinações com alto poder de destruir o futuro das pessoas. Outra é buscar um refresco para o dia quente em rios e cavas considerados impróprio para banhos na região de Curitiba. Confira a previsão do tempo.

A Tribuna noticia volta e meia acidentes fatais em locais como a Represa do Passaúna, as cavas de Pinhais e também no Parque Iguaçu. Por isso, todo cuidado é pouco.

+ Leia mais: Hoje é feriado da Proclamação da República. Entenda!

O alerta é da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil. O responsável pelo órgão, Nelson Ribeiro, reforça a proibição de nadar em rios e lagos impróprios para banho. “Nos momentos de lazer, a prudência não pode ser deixada de lado. Não se pode nadar em cavas e parques municipais pela questão fundamental da segurança”, afirma Nelson.

Nos parques públicos, placas indicam de forma expressa a orientação. São locais que dão a falsa impressão de tranquilidade, mas não são terrenos rasos e, embaixo d’água, pode haver troncos ou galhos de árvore.

“Sem perceber, o indivíduo pode ficar preso e se afogar. Portanto, nade somente em locais que tenham profissional habilitado para salvamentos”, salienta Ribeiro. “Evita-se, assim, tragédias que infelizmente já ocorreram em momentos que deveriam ser apenas de descontração e alegria, inclusive com pessoas que sabiam nadar bem”, acrescenta o coordenador da Defesa Civil.

Em caso de afogamentos, o Corpo de Bombeiros deve ser chamado imediatamente pelo telefone de emergência 193.