Caixa Econômica Federal e seis prefeituras do Alto Vale do Itajaí assinam, nesta segunda-feira, contratos para liberação de recursos através do PRONAF – Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar. A cerimônia acontece durante a assembléia de final da ano da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí – AMAVI, às 11:30 horas no Clube do Cavalo em Rio do Sul.

O valor total dos contratos é de R$ 307.440,00 e o total investido será R$ 335.000,00, considerando as contrapartidas das prefeituras. Os municípios beneficiados são Imbuia, Chapadão do Lageado, Rio do Sul, Presidente Getulio, Vidal Ramos, Petrolândia e a própria AMAVI. Os recursos serão aplicados na implantação, ampliação e modernização da infra-estrutura necessária ao fortalecimento da agricultura familiar, como a realização de obras públicas, compra de máquinas e equipamentos e contratação de serviços.

Segundo a Gerente de Mercado da CAIXA em Blumenau, Leda Mara de Souza, os valores repassados neste programa garantem o fortalecimento de uma área da economia de grande importância para a região, pois abre as portas da industrialização aos pequenos agricultores. "Prova disso é o trabalho de melhoria da condição social através da formação de parcerias e geração de renda no meio rural executado na Prefeitura de Lontras em 2001, que foi premiado internacionalmente, e que teve financiamento através do PRONAF", lembra a Gerente.

PRONAF

O PRONAF é um programa do Governo Federal que tem por finalidade o desenvolvimento sustentável do segmento rural constituído por agricultores familiares, proporcionando aumento de capacidade produtiva, geração de emprego e melhoria da renda. O programa é operado com recursos do Orçamento Geral da União – OGU que são repassados às Prefeituras pela CAIXA, que também acompanha e fiscaliza sua aplicação.

Os recursos do PRONAF podem ser utilizados para infra-estrutura e serviços municipais (máquinas e equipamentos, armazém comunitário, centro comunitário, estradas vicinais) ou para capacitação de agricultores familiares (cursos da capacitação técnico-profissional e eventos referentes à organização dos agricultores).