Terminou nos Estados Unidos a leitura dos dados das caixas-pretas do Airbus A320 da TAM. O coronel da Aeronáutica Fernando Camargo embarcou hoje de volta ao Brasil trazendo as informações. O relatório com os dados vai ser enviado a Brasília e será disponibilizado também aos deputados da CPI do Apagão Aéreo.

De acordo com a Aeronáutica, as investigações sobre as causas devem durar 10 meses e podem apontar mais de um motivo para o acidente. Em São Paulo, a Polícia Civil deverá ouvir os pilotos de duas aeronaves – um da companhia Gol, que reclamou das dificuldades de pousar na pista um dia antes do acidente e outro da Pantanal, que derrapou na pista na véspera da tragédia.