A Superintendência de Seguros Privados (Susep), órgão responsável pelo controle e fiscalização do segmento, prepara uma medida que deve reduzir o preço dos seguros de automóveis, além de aumentar o tamanho da frota segurada, que hoje gira em torno de 35% dos veículos que rodam pelo país. A informação é do jornalista Lauro Jardim, em seu blog no O Globo.

+ Leia mais: Professor de muay thai pode ter sido morto em acerto de contas

A autarquia, ligada ao Ministério da Economia, decidiu por flexibilizar a utilização de peças de reposição não originais para reparos. Anteriormente, as seguradoras só podiam usar autopeças que fossem de fabricação própria das montadoras, sem brecha para lançar mão de produtos similares. A expectativa da própria Susep é de que a medida puxe para baixo o valor das apólices em pelo menos 10%. A alteração tem potencial, também, para diminuir a receita das montadoras, que perdem uma fatia de mercado.

+ Leia mais: Leilão da Setran tem carro a partir de milão. Que tal??

Apesar de autorizar as substituições, a Susep define que os contratos terão que trazer especificações com relação à peça que poderá ser utilizada caso a caso, a depender do tipo de conserto a ser realizado. A carta-circular estaria em fase de elaboração e ainda não foi emitida. A Gazeta do Povo aguarda posicionamento.

Uno e Kombi são flagrados em Curitiba com R$ 242 mil em dívidas