Relatório recém divulgado  pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID destaca a competência técnica das consultorias legislativas da Câmara e do Senado. Produzido em parceria com a Universidade Harvard, o estudo "A política das políticas públicas" aborda o progresso econômico e social na América Latina em 2006. 

Ao discorrer sobre atores do conhecimento no continente, o estudo reconhece as assessorias parlamentares das duas casas do Congresso brasileiro como um  "fator-chave para assegurar que os acordos e transações políticas que resultam das negociações não sejam alcançadas às custas da qualidade técnica das leis". O texto prossegue afirmando que "com o apoio prestado por essas assessorias, o debate político ficou mais rigoroso e a cobertura jornalística dos debates passou a concentrar-se mais nos aspectos técnicos das leis".

O estudo diz também que o desenvolvimento da transparência no processo decisório e das competências técnicas do Congresso por meio do fortalecimento das assessorias parlamentares promoveu uma "mudança progressiva das relações entre os poderes Executivo e Legislativo". Essa nova dinâmica é exemplificada pelo processo de preparação da Lei de Responsabilidade Fiscal. 

O diretor da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados, Ricardo Rodrigues, ressalta que essa é a primeira vez que relatório de um organismo internacional do porte do BID reconhece publicamente a competência técnica do parlamento brasileiro.