Um avião de pequeno porte caiu na noite deste domingo (31) na cidade de Cambé, perto de Londrina, no Norte Central do Paraná, por volta das 21h. Segundo informações do G1, oito pessoas morreram. A aeronave caiu no barracão de uma transportadora, a 300 metros da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e explodiu.

O avião vinha de Várzea Grande, no Mato Grosso, e seguia para Londrina. Todos os oito morreram na hora: três adultos, três crianças, piloto e co-piloto. Entre as vítimas estão Antônio Viçoti, piloto do avião e o co-piloto Henrique Cardoso. Marilene Ribeiro dos Santos, ex-mulher do presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores Celetistas nas Cooperativas no Brasil (Fenatracoop), Mauri Viana. Gilcenir Ribeiro dos Santos e Cleuza Ribeiro, irmão e cunhada de Marilene. Maria Cândida Costa Viana, de 15 anos, Maria Clara Costa Viana, de sete anos e Miguel Viana Barion, de nove anos, filhas e neto de Viana.

O presidente da Fenatracoop não estava na aeronave que caiu. Ele, a atual esposa, outra filha e o genro voaram em outro avião, com destino a cidade de Caldas Novas, em Goiás.

O local foi isolado pelo Corpo de Bombeiros e moradores dos bairros vizinhos ficaram sem energia elétrica por pelo menos duas horas. Um caminhão da empresa foi totalmente danificado.

O acidente mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros de Cambé e Londrina, além das polícias Militar e Civil da região. Uma equipe do Seripa V (Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos) está se deslocando para o local para averiguar as causas do acidente.

Avião

O avião era do modelo Embraer 820 Navajo e pertencia à Federação Nacional dos Trabalhadores Celetistas nas Cooperativas no Brasil (Fenatracoop). Toda a documentação e certificação estava em dia junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).