No Brasil, a Land Rover passou a comercializar a linha 2010 do Freelander 2.

O utilitário esportivo que começou a ser vendido em 2007 no mercado nacional se consolidou como o mais vendido da marca por aqui, representando, em 2009, 50% do total de vendas da montadora britânica no País.

As alterações do SUV incluem bancos com oito níveis de ajustes elétricos e novas opções de cores e de textura do couro, dependendo da versão. O painel de instrumentos ganhou um relógio digital, e a versão SE recebeu faróis bixenônio de série.

O modelo conta apenas com um motor em sua linha, sendo este um 3.2 com 6 cilindros em linha e 24 válvulas. Ele desenvolve 233 cv de potência a 6.300 rpm, o suficiente para empurrar o Freelander de 0 a 100 km/h em 8s9 e chegar até os 200 km/h de velocidade máxima. O câmbio é automático de 6 velocidades, e o consumo médio é de 8,9 km/l em uso misto (estrada / urbano), de acordo com a Land Rover.

Todos as versões contam com sistema de tração 4×4, além de possuírem o sistema “Terrain Response” que, ao giro de um botão, adapta as configurações de motor, câmbio e tração de acordo com o piso em que se trafega. Ao todo são cinco diferentes situações: areia, terra, grama/neve, pedras e asfalto.

De série, o Freelander 2 também conta com 9 “airbags” -frontais, laterais e para os joelhos-, freios ABS, controle dinâmico de estabilidade (DSC), controle de descida em declives (HDC), sistema de controle de torque (EDC), auxílio eletrônico a frenagens de emergência (EBA), distribuição eletrônica de frenagem (EBD), sistema de auxílio de frenagens em curva (CBC) e controle eletrônico de tração (ETC).

Sua lista de série conta com piloto automático, bancos em couro com ajuste elétrico e memória para três diferentes regulagens, botão de partida “start-stop” sem necessidade de chaves, ar-condicionado “dual zone”, com regulagem independente para motorista e passageiro, teto solar panorâmico, espelhos retrovisores fotocromáticos e rebatíveis eletricamente, sensores de estacionamento nos pára-choques traseiro e dianteiro, faróis dianteiros com lavadores e acendimento automático e sensor de chuva.

Além disso, o SUV traz sistema de som compatível com WMA e MP3 composto por 12 alto-falantes, subwoofer, módulos para fones de ouvido traseiros e CD Changer.

Disponível nas 30 concessionárias Land Rover espalhadas pelo Brasil, o preço da linha 2010 do novo Freelander 2 2010 oscila entre R$ 132.000 e R$ 169 mil, dependendo da versão escolhida.