Um SUV que vai fazer você se apaixonar. O novo HR-V Touring é tudo aquilo que o consumidor esperava e mais um pouco. Testamos o modelo da Honda e é de deixar qualquer um satisfeito. A grande novidade é o motor turbo 1.5, com 173 cv de potência e 22,4 kgfm de torque entregues numa constante de 1.700 a 5.500 rpm. Uma verdadeira diversão atrás do volante. O carro está bem na mão, firme, estável e gostoso de dirigir.

+Leia mais! Novo Onix e Onix Plus são apresentados pela Chevrolet. Conheça!

A resposta do turbo, ao pisar no acelerador, é imediata e muito satisfatória. O câmbio é o mesmo CVT do Civic Touring, que simula sete marchas e aguenta mais torque. Com a possibilidade de trocas nas borboletas atrás do volante. O HR-V turbo ganhou alterações na suspensão, que já havia sido modificada nas outras versões e está mais confortável e suave, e também um tratamento acústico melhor.

Em termos de consumo, o HR-V turbo fez uma média de 11,5 km/l na cidade e 12,7 km/l na estrada, lembrando que este motor importado do Japão é somente a gasolina, não tem a tecnologia flex. Mas são números muito consideráveis para um SUV. Viajamos para o litoral catarinense e o carro se mostrou excepcional.

Foto: Carlos Bório/Tribuna do Paraná.
Foto: Carlos Bório/Tribuna do Paraná.

A versão turbinada traz detalhes externos exclusivos como, faróis em leds; teto solar panorâmico; duas saídas de escape; logotipo “Turbo” na tampa do porta-malas. No interior, bancos em couro claro, chave com sensor para abertura das portas por aproximação; partida do motor por botão; limpadores de para-brisa automáticos; retrovisor interno antiofuscante; câmera de ponto cego no retrovisor externo direito. Tem também como novidade, o Honda Lane Watch, que auxilia o motorista na mudança de faixa, por meio de uma câmera instalada no retrovisor direito, ampliando o campo de visão, deixando mais nítida a presença de motociclistas, ciclistas e pedestres.

Além dos equipamentos, como controles de estabilidade, assistente de partida em rampa, sistema AHA de torque vetorial (para maior estabilidade em curvas e mudanças de direção) “importado” do Civic Touring. Tem também central multimídia de 7 polegadas, compatível com Android Auto, Apple Car Play e Waze.

O que você não vai gostar no HR-V Touring

Um ponto vai deixar muita gente torcendo o nariz. Com tudo o que o HR-V Touring oferece, o preço ficou bem salgado. O modelo custa R$ 139.900, mais caro que o Jeep Compass Flex e o Kia Tucson. O seguro com cobertura padrão fica, em média, R$ 5.600 e as revisões são mais em conta. Este valor, segundo a Honda, é porque o novo modelo evoluiu bastante na questão dos equipamentos a bordo e também por conta da inflação real, que afeta diretamente nos custos de produção.

Foto: Carlos Bório/Tribuna do Paraná.
Foto: Carlos Bório/Tribuna do Paraná.

Conclusão

Apesar do preço ser um ponto negativo, o HR-V Touring tem muitos pontos positivos e é incrível de dirigir. Então, se você está pensando em adquirir um SUV, olhe com muito carinho para o HR-V Touring e coloque tudo na balança. Acho que ela, a balança, vai pesar mais no seu coração do que no seu bolso.

Novo Corolla chega com motor híbrido e muita tecnologia