O Santuário Estadual de Nossa Senhora do Rocio, em Paranaguá, realiza neste final de semana (12, 13 e 14 de agosto) o 7o Grande Tríduo e Romaria em preparação ao Novenário da Virgem do Rocio, que acontece em novembro, quando se comemora a Festa da Padroeira do Paraná. Durante três dias de programação, com bênçãos e celebrações especiais, os padres Missionários Redentoristas também estarão convidando os fiéis, devotos e romeiros a refletir sobre o Mês Vocacional.

Com o tema ?Pelos olhos de Maria queremos ver Jesus nos vocacionados?, o programa tem início com uma novena às 6 horas de sexta-feira. A novena se repete às 16 e 19 horas, sendo neste último horário acompanhada de uma missa. Sábado é o dia da já tradicional Benção da Saúde, que acontece durante a missa das 19 horas. No domingo, quando o Santuário recebe as caravanas com centenas de romeiros, as atividades começam com a Santa Missa às 8h30; Procissão com a imagem da Padroeira  às 10 horas; e a Santa Missa dos Romeiros às 11h30.

Após o almoço, a partir das 14h30, acontece a Formação Mariana, com o padre Afonso Tremba. Às 16 horas é celebrada uma Novena Solene em Louvor à Virgem do Rocio, com a despedida dos romeiros. E às 19 horas acontece o encerramento da programação, com a terceira missa do dia.

O padre Joaquim Parron, reitor do Santuário do Rocio, destaca a importância dos tríduos e romarias, que segundo ele têm fortalecido a devoção e levado a mensagem da Padroeira do Paraná a todos os paranaenses. Por outro lado, explica Parron, a Igreja está vendo aumentar a participação das pessoas nessas celebrações, ?fato este que de uma certa maneira nos tranqüiliza, uma vez que estamos entrando na reta final dos preparativos para a Festa do Rocio.?

Turismo ? Logo após o almoço, como já se tornou prática comum nos finais de semana de romaria, os padres convidam os romeiros a realizar passeios turísticos. O roteiro inclui a visita a locais históricos e culturais de Paranaguá. ?Através do turismo religioso estamos dando nossa contribuição para a valorização da cultura parnanguara e para o desenvolvimento do município?, disse o padre Parron

Serviço: Informações no Santuário do Rocio – (41) 3423-2020