enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Teatro

Ator da Record e atriz curitibana estão em cartaz em peça do Festival de Curitiba

  • Por Eduardo Luiz Klisiewicz
Apresentações da peça acontecem no dias 30 e 31 de março e 2 de abril. Foto: Divulgação

A quantidade de espetáculos e palcos do 28° Festival de Curitiba, cada um com suas peculiaridades, permitem que os espectadores da atração tenham acesso a uma variedade enorme de temáticas, estilos de interpretações e abordagens artísticas. Uma proposta diferente é exatamente o que oferecem os atores Marcus Tardin e Kenny Alberti, que é curitibana, na peça Na Hora do Adeus, espetáculo que acontece nos dias 30 e 31 de março, e 2 de abril, no Teatro da Secretaria Estadual de Cultura de Curitiba. Além da peça em si, um espaço para bate-papo será aberto ao final da apresentação para que haja interação direta entre os atores e a plateia.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

A peça trata de uma reflexão sobre saúde mental, distúrbios emocionais/psicológicos, com mensagens de força, encorajamento e superação. O texto é do psicoterapeuta paulista Jarbas Capusso Filho e tem direção de Daniel Dias da Silva. O objetivo dos produtores é ultrapassar o limite da arte e atingir uma função social que nem sempre é exercida em palcos de teatros pelo país. Serão abordados temas delicados como culpa, depressão e suicídio, assuntos urgentes que ganham cada vez mais espaço devido aos números alarmantes de vítimas dessas mazelas. Atualmente, o suicídio é uma das principais causa/morte entre jovens na faixa de 15 a 29 anos, sendo 79% homens e 21% mulheres, atingindo 5,9% das mortes a cada 100 mil habitantes, segundo dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM).

“Temos a certeza que em um mundo cada vez mais carente de amor e afeto, onde o desânimo assola a sociedade, precisamos vibrar energias de força e superação. É para isso que construímos este trabalho, é sobre isso que desejamos pensar junto ao público, abordando temas difíceis com humor e leveza”, afirma Tardin, que atualmente participa da novela Jesus, da TV Record.

+Leia mais: Claudia Abreu, Leandra Leal… Veja os artistas famosos que vêm para o Festival de Curitiba

O ator fez um verdadeiro manifesto à saúde metal para divulgar a peça. “É um trabalho artístico de utilidade pública, relevância humanitária, que reúne arte e terapia com objetivo de conscientizar, refletir e transformar a realidade da calamidade que vivemos quando falamos de saúde mental. Até quando movidos pela culpa nos perdemos de nós mesmos? O quanto ficamos sufocados, paralisados pela incapacidade de lidar com a dor? Quando o colapso emocional nos leva a perder o sentido da vida? Como encontramos forças para superar as dificuldades e seguir em frente? Estas e outras questões sobre a existência humana são reflexões que desejamos provocar e debater no palco”, disse.

No palco, ao lado de Tardin, estará a atriz curitibana Kenny Alberti, formada pela Escola de Teatro Lala Schneider e pela Escola de Atores Wolf Maya. Participou das peças O Mambembe, e Quem Casa quer Casa, de Martins Pena, e  Casa de Bonecas, de Ibsen. Na TV esteve nas novelas Pega Pega (2018), Haja Coração (2016) e Êta Mundo Bom (2016), no programa Tamanho Família e na série Mister Brau da Rede Globo. “Esperamos vocês para vivemos juntos a experiência teatral desta obra única, com humor, poesia e reflexão. Uma história de amor e superação que vai tocar o seu coração”, disse o ator, convidando os leitores da Tribuna. Os ingressos custam R$ 40 e R$ 20 (meia-entrada) e estão à venda nas bilheterias do festival nos shoppings Mueller e Barigui.

Dono dos hits ‘O Sol’ e ‘Morena’, Vitor Kley faz show gratuito em Curitiba

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas