Festival de Cinema Judaico no Novo Batel

A comunidade judaica tem participação importante na história da sétima arte, com grandes atores e diretores. Isto poderá ser conferido pela população de Curitiba, de hoje até a próxima quarta feira, na primeira edição do Festival de Cinema Judaico da cidade.

O evento já é realizado há quatorze edições na cidade de São Paulo. Na capital paranaense, acontece por iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, com apoio de A Hebraica e Embaixada da França.

“A ideia é que este festival seja o primeiro de muitos a serem realizados em Curitiba. É um festival judaico, mas aberto a todas as pessoas interessadas. Através dele, temos uma grande oportunidade de mostrar um pouco da cultura judaica à população da cidade”, diz a presidente da Comunidade Israelita, Ester Proveller.

Nas salas de cinema do shopping Novo Batel, serão exibidos oito filmes, todos premiados internacionalmente. São eles: Cinco dias sem Nora, Em busca da memória, Roube um lápis para Mmm, The Yankles, A cinco horas de Paris, Roman Polanski, Duas senhoras e Por um de meus olhos. Todas as obras serão exibidas em seus idiomas de origem, com legendas em português.

“Procuramos selecionar uma mostra representativa de todos os gêneros. A programação conta com documentários, comédias, dramas e filmes que mostram a problemática de Israel moderno”, afirma Ester. “O povo judaico sempre sofreu muito, mas sempre se manteve em função da tradição. Tem, por exemplo, um humor muito interessante, que é mais satírico e de si mesmo”.

No Brasil, a comunidade judaica, segundo a presidente, representa menos de 1% da população. No Paraná, existem aproximadamente oitocentas famílias judaicas, representadas por cerca de 3 mil pessoas. A maioria delas vive em Curitiba.

Serviço

Festival de Cinema Judaico de Curitiba. De hoje até 29 de setembro, no Cineplex do shopping Novo Batel (Al. Dom Pedro II, 255, Batel). Informações sobre horários de exibições: (41) 3538-6272.

Voltar ao topo