Um dos artistas mais surpreendentes da cena australiana, Xavier Rudd conquistou uma legião fiel de fãs pelo mundo não só pela sua bem-sucedida mistura de folk com influências de música havaiana e aborígene, mas também pelas suas cativantes apresentações ao vivo e pelo seu ativismo. Em novembro, o cantor, compositor e multi-instrumentista vem ao Brasil para duas apresentações no Sul do país e a parada em Curitiba está marcada para o dia 25, na Ópera de Arame.

Os ingressos estão disponíveis e variam de R$70 (meia-entrada) a R$220 (inteira), de acordo com o setor. A venda é feita pelo site Ticketload.

Nestas apresentações, Xavier Rudd faz uma retrospectiva de sucessos de seus quase vinte anos de carreira, que inclui nove álbuns. O mais recente, Storm Boy, foi lançado no ano passado puxado pelo hit Walk Away e por uma turnê mundial que passou por mais de vinte países. O disco traduz perfeitamente o mundo de Rudd: a natureza, o surf, a espiritualidade e o amor.

+Viu essa? De volta ao pop, Wanessa Camargo lança música e fala sobre parceria com Sandy

Seus shows são sempre marcantes, já que ele faz questão de estabelecer conexões com o seu público que vão além da música (questões como ambientalismo, veganismo e a situação dos povos nativos de sua terra natal são causas defendidas pelo músico mundo afora). No palco, Xavier impressiona ao revezar todos os instrumentos com sua banda: ele toca gaita, guitarra, violão, banjo, percussão e didgeridoo, instrumento de sopro típico dos aborígenes australianos.

O show de Xavier Rudd em Curitiba é uma promoção do Popload Gig, um selo de shows criado em 2009 e que já se tornou referência no Brasil da “nova música”, tanto internacional como brasileira, abrindo as portas para grupos iniciantes da cena rock e eletrônica. Com mais de 50 edições realizadas em São Paulo e outras capitais, é a série de shows mais consistente em atividade no país. Saiba mais em poploadgig.com.

 

Curitibana Marjorie Estiano é indicada ao Emmy Internacional