O A1 Music Hall, nova casa de shows de Curitiba, situada no endereço do antigo Moinho São Roque, não está com a documentação pronta para sua estréia com o show do Rappa, amanhã. Segundo a Secretaria Municipal de Urbanismo (SMU) ainda existe uma pendência do Corpo de Bombeiros para haver a liberação, e por isso a própria SMU embargou a abertura do local. Segundo o tenente Galeasi, do Corpo de Bombeiros, a casa já foi notificada sobre a apresentação do projeto de visita, necessário para os Bombeiros prepararem o laudo de liberação. ?Depois que a casa apresente o projeto nós faremos a vistoria e liberamos?, afirmou. Até o final da tarde de ontem a assessoria de imprensa da A1 Music Hall não divulgou nenhuma informação de quando apresentariam o projeto ao Corpo de Bombeiros.

A liberação de casas de show em Curitiba tem ocorrido de última hora; o último caso aconteceu mês passado com a Curitiba Master Hall. Na ocasião a Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor propôs uma ação proibindo o funcionamento da casa por falta de segurança para o consumidor. Um dia antes da inauguração a juíza substituta da 3.ª Vara Cível, Adriana Ayres Ferreira, expediu uma liminar liberando o local para a festa. O caso da A1 Music Hall é mais simples, no entanto fica a expectativa de que a casa tenha as condições necessárias para a liberação do Corpo de Bombeiros.

Festa

Na noite de anteontem a casa realizou uma inauguração não oficial para quinhentas pessoas, a atração ficou por conta de Tony Garrido, vocalista do Cidade Negra. Para o show de amanhã, os ingressos estão à venda no Armazém do CD, Livrarias Curitiba e Micheli Board Shop (São José dos Pinhais). Mais informações pelo telefone (41) 334-3696.