O Grande Prêmio Luiz Fernando Cirne Lima, prova do grupo 3, realizado domingo, na Gávea, com a participação de doze potrancas de dois anos, marcou a segunda vitória da paranaense Confederada, uma filha de Impression e Other Question (Roi Normand), de criação do Haras Xará, que defendeu a farda do Stud Palura, apresentada por A. Mion e dirigida por Alex Mota.

Confederada, numa prova que contou com dez competidoras, sendo apenas duas paranaenses, derrotou Baby Princess, Querida de Sigilo, Poker Star e Racket, que chegaram nas posições imediatas. Confederada assinalou a ótima marca de 1?15?76. O recorde da prova é de Rest Assured, com 1?14?50. Uma marca, sem dúvida, convincente.

Potros

Outra importante corrida de domingo, na Gávea, foi o Grande Prêmio Mário de Azevedo Nunes Galvão, com a participação de 12 potros de 2 anos, sendo um paulista (Público e Notório) e onze gaúchos. Refuge Cove, um filho de American Gipsy e Astralian Girl (Lode), de criação do Haras Anderson, venceu defendendo a farda do Stud Eternamente Rio, com Parc des Frances na formação da dupla, completando o marcador Patota de Cosme, Senhor Bay e Joe Bravo.