A semana começou com indício de crise no São Paulo. Revoltado com a eliminação da equipe na Copa do Brasil, um grupo de cerca de 50 torcedores organizados foi protestar no CT do clube, na Barra Funda, à espera da reapresentação dos jogadores após uma folga forçada pela eliminação na Copa do Brasil. Os principais alvos foram Juvenal Juvêncio, Jean e Carpegiani.

O presidente são-paulino foi chamado de ‘cachaceiro’, enquanto o volante teve o carro alvejado por ovos. Na última quinta, quando o time do Morumbi caiu diante do Avaí nas quartas de final da competição nacional, em Florianópolis, o jogador perdeu uma oportunidade clara de gol no segundo tempo – no jogo de ida, também já havia perdido outros dois.

Algumas faixas criticavam o técnico Paulo César Carpegiani e o time de maneira em geral, chamado de ‘paneleiro’ por tentar derrubar o treinador. Os integrantes também pediam raça e vontade dos jogadores para o Campeonato Brasileiro, exigindo o título do torneio. A equipe estreia contra o Fluminense, domingo, no Rio.