Líder, o Cianorte não quer saber de “oba oba”. “As coisas não são tão fáceis, como muitas pessoas imaginam. Os grandes são sempre favoritos e pra nós apenas resta a postura da humildade, pois clubes como Corinthians e Iraty também estão bem próximos de nós”, diz o técnico Ronaldo Bagé.