O técnico da Fiorentina, Delio Rossi, agrediu o atacante sérvio Adem Ljajic, do seu próprio time, nesta quarta-feira, durante o empate por 2 a 2 com o Novara, em casa, em rodada do Campeonato Italiano.

A confusão teve início quando Ljajic deixou o gramado, substituído quando a Fiorentina por 2 a 0, e ironizou a decisão do treinador. Indignado com a reação do atacante, Rossi partiu para cima do seu jogador e o agrediu com socos no banco de reservas.

Comissão técnica e atletas precisaram intervir para conter a fúria do treinador. A partida chegou a ser paralisada pela arbitragem por conta da confusão no banco de reservas da Fiorentina.

“Posso entender a tensão do momento, mas perder a cabeça daquela maneira é imperdoável”, afirmou Damiano Tommasi, presidente da Associação de Jogadores da Itália, à agência Ansa ao fim da partida. Tommasi se referia à fraca campanha da Fiorentina na temporada. Com apenas 42 pontos, o time de Florença está perto da zona de rebaixamento, embora tenha poucas chances de queda.