Após o presidente do Paraná, Leonardo Oliveira, despistar sobre a assinatura de contrato com a empresa britânica de investidores russos, Total Sports (TSI), Felipe Ximenes voltou a comentar sobre a negociação que envolve o departamento de futebol do Tricolor.

Ximenes atua como representante da TSI na negociação com o clube. “Tem mais de 90 dias que eu venho trabalhando muito duro com recursos e investimentos próprios para poder assinar, junto ao Paraná, um projeto para a estruturação do departamento de futebol”, explicou Ximenes em publicação nos stories de seu Instagram.

TABELA: Confira a classificação do Paranaense

“Uma negociação como esta não é simples de ser finalizada, envolve investimento estrangeiro e pessoas com outra cultura e pensamentos. Com muita seriedade, eu creio que as coisas podem caminhar bem”, prosseguiu.

Ximenes ainda agradeceu ao apoio que tem recebido do presidente do Tricolor e à Justiça do Trabalho, que endossou a possibilidade de parceria. “Qualquer coisa diferente disso, não acredite. Se quiser saber da verdade, continue me acompanhando”, arrematou.

Em fevereiro, o acordo por três anos com a TSI chegou a ser aprovado pelo Conselho Deliberativo. Na sequência, a proposta foi ratificada pela Justiça do Trabalho. Oliveira, por outro lado, declarou recentemente que o Paraná tem ofertas de outros investidores além da TSI. E que também considera seguir sem aporte algum.

“Estamos evoluindo, temos outras negociações em andamento e a melhor parceria será fechada. Faremos o que for melhor para o clube”, declarou.

Apesar de trabalhar com o Paraná nesta possibilidade de parceria, Ximenes chegou a negociar uma ida para o Atlético-MG neste período. O Galo, entretanto, acabou fechando com o gerente de futebol Alexandre Mattos.

+ Mais do Tricolor

+ Paraná enfrenta o Toledo fora de casa em busca das quartas de final
+ Técnico do Paraná diz entender se jogo da Copa do Brasil tiver portão fechado