O sábado de garoa e frio na Vila Capanema não apagou o brilho da festa do torcedor do Paraná Clube, que, como havia prometido, recebeu o time com fumaça vermelha, azul e branca e muito barulho nas arquibancadas. Mas, se o empate sem gols com o Guarani acabou sendo decepcionante, o que surpreendeu, de fato, após o duelo, foi a confirmação da marca de material própria que o Tricolor terá na parada para a Copa América.

O anúncio foi feito pelo presidente Leonardo Oliveira. “A Topper foi a nossa parceira nesses últimos tempos e nós decidimos encerrar esse contrato em comum acordo com a empresa. Vamos estruturar todas as nossas categorias com a marca própria. Faremos o lançamento do novo material na paralisação da Série B e estrearemos no primeiro jogo após a parada”, disse o mandatário.

+ Leia mais: Dupla João Pedro e Matheus Anjos mostra entrosamento no Paraná Clube

A dificuldade com o fornecimento e qualidade dos uniformes sempre foi uma ’pedra no sapato’ do Tricolor. Com isso, o clube optou por criar a sua própria marca para que o torcedor paranista possa ter mais facilidade de acesso aos materiais. “A questão material e loja é um problema histórico do Paraná. Nesse momento, nós conseguimos uma parceria onde o fornecedor vai participar com a gente no desenvolvimento da loja. O principal foco é que todas as peças existam nas prateleiras para que o nosso torcedor possa adquirir. Com isso, nós poderemos trazer um resultado financeiro melhor para o clube. Estamos bem empolgados com o projeto”, ressaltou Oliveira.

O Paraná segue o mesmo caminho do rival Coritiba, que criou a sua própria marca no ano passado e tem tido resultados bem positivos desde a realização do projeto. Outros clubes brasileiros também seguiram a mesma rota, como Bahia, Fortaleza, Paysandu e Juventude.

+ Confira a classificação completa da Série B

“Nós temos o movimento do mercado mudando a forma de se relacionar com o clube. Nós tivemos alguns problemas com os fornecedores. As dificuldades de entrega e tudo mais. Com o material próprio nós teremos uma tranquilidade e um acesso melhor para trabalhar. A questão do custo para o nosso torcedor também será melhor”, frisou o cartola. “Ao analisar as possibilidades que tínhamos, julgamos valorizar a própria marca do Paraná, que vai atender muito melhor os nossos torcedores”, completou Oliveira.

Ao contrário do que vinha sendo ventilado anteriormente, o nome da marca não será chamada ‘Somos Valentes‘. A expectativa é que a campanha com as novidades sejam divulgadas nos próximos dias.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!