A derrota por 2×1 para o São Bento, na manhã de sábado (17), em Sorocaba, incomodou bastante o Paraná Clube. Não só pelo resultado em si, uma vez que o Tricolor completou cinco rodadas sem vencer na Série B, mas também pela forma que foi. O time paranista saiu na frente ainda no primeiro tempo e vencia até os 29 da etapa final, quando levou o empate. Para piorar, aos 48, acabou sofrendo a virada.

Erros que resultaram em uma indignação dos jogadores. Na saída do gramado, poucos quiseram falar sobre o jogo e os que pararam admitiram que o Paraná vacilou em campo.

“Difícil falar. Quando se perde, é complicado, mas temos que valorizar mais fora de casa. Estávamos ganhando, eles empataram e aí tínhamos que nos fechar, cuidar para não perder o jogo. Com a derrota você não leva nenhum ponto pra casa e fora temos que somar”, reclamou o zagueiro Fernando Timbó, que atuou como lateral-esquerdo, em entrevista à rádio Transamérica.

+ Confira como foi a derrota paranista em Sorocaba

“Foi uma desatenção coletiva nossa. O jogo estava nas nossas mãos, mas agora temos que corrigir os erros, falar muito menos e se resolver na próxima partida. Sabíamos da importância deste jogo, mas no futebol acontece disso e temos que falar menos e trabalhar mais”, acrescentou o goleiro Thiago Rodrigues, em entrevista ao canal Premiere.

Depois da partida, o técnico Matheus Costa reforçou o discurso do seu elenco e ressaltou que o São Bento chegou aos gols justamente em falhas da sua equipe, algo que foi bastante alertado no vestiário, antes de a bola rolar, e na reta final do confronto.

“Foi falado antes do jogo que seria um jogo para utilizar o erro do adversário para chegar em gol. No nosso gol houve um erro da equipe do São Bento e depois teve o mérito do Fernando Neto para tirar do goleiro. E depois da parada técnica (no segundo tempo), faltando 15 minutos, obviamente a equipe deles foi com tudo pra cima e foi o comentário nosso, que tínhamos que ser inteligentes e diminuir os espaços para matar o jogo. Em uma situação de erro nossa originou o gol do São Bento e depois em um lateral defensivo deles, eles criaram o segundo gol”, avaliou o treinador, que esbravejou com a falha na marcação no final.

+ Confira a classificação completa da Série B!

“Tivemos chances de matar o jogo, mas faltaram esses detalhezinhos. Nós erramos e eles fizeram os gols e agora temos que minimizar estes erros. É inadmissível este tipo de erro. A partir do momento que está ganhando de 1×0, tem que ser inteligente o suficiente para vencer o jogo”, completou ele.