Após deixar escapar a vitória contra a Chapecoense, na última terça-feira, na Vila Capanema, o Paraná vai buscar fora de casa os pontos para tentar colar no líder Cuiabá, que agora abriu três pontos de vantagem na Série B do Campeonato Brasileiro.

Sem ter muito tempo para lamentações, o Tricolor já entra em campo nesta sexta-feira (2), para enfrentar o Botafogo-SP, às 21h30, em Ribeirão Preto, pela 13ª rodada da competição.

Se o time de Allan Aal possui a segunda melhor campanha como mandante nesta Segundona, a história não é muito diferente quando a equipe joga como visitante. Em cinco jogos disputados, o Paraná conquistou duas vitórias, empatou outros dois duelos e perdeu apenas uma vez – 53% de aproveitamento.

No ano do acesso, Tricolor não foi lá “essas coisas” como forasteiro

Em 2017, na campanha do acesso para a Série A, o Paraná teve grandes dificuldades como visitante. O Tricolor só teve quatro vitórias fora de casa naquela competição, empatou sete vezes e perdeu outros oito jogos.

O destaque daquele ano foi justamente a campanha que fez na Vila Capanema. Com o apoio do torcedor, o Paraná teve os melhores números como mandante da Série B, com 14 vitórias, três empates e apenas duas derrotas.

Se compararmos com esta temporada, até a 12ª rodada, o Tricolor tinha apenas uma vitória, três empates e duas derrotas na campanha do acesso.

Renatinho foi um dos destaque na campanha do acesso. Foto: Albari Rosa/Arquivo/Tribuna do Paraná.

Paraná não assustou em outras temporadas

Em outros anos como visitante na Série B, o Paraná não conseguiu embalar, o que acabou dificultando na busca pelo acesso. Em 2016, o Tricolor só teve a 17ª melhor campanha como forasteiro – três vitórias, seis empates e dez derrotas.

Foto: Albari Rosa/Arquivo/Tribuna do Paraná.

Em 2015, a campanha foi pior, mas melhor que outros clubes (15º como visitante), com três vitórias, cinco empates e 11 derrotas. Veja abaixo outras campanhas:

2014: 12ª melhor campanha (quatro vitórias, cinco empates e dez derrotas)
2013: 8ª melhor campanha (cinco vitórias, cinco empates e nove derrotas)
2012: 14ª melhor campanha (três vitórias, seis empates e dez derrotas)
2011: 14ª melhor campanha (quatro vitórias, cinco empates e dez derrotas)

+ Mais do Tricolor:

+ Paraná deixa escapar liderança com gols sofridos no fim
+ Sobrevivente de tragédia da Chapecoense homenageia Caio Júnior na Vila Capanema


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?