enkontra.com
Fechar busca

Paraná Clube

Paraná Clube

Paraná Clube

Experiência

Média de idade do time do Paraná Clube aumenta após mudanças

Garotos da base vão ficando cada vez mais de lado para dar espaço para jogadores com ‘bagagem’ e time titular tem média de 25,7 anos

  • Por Guilherme Moreira
Aos 33 anos, Eder Sciola é o jogador mais velho do Paraná Clube. Foto: Cassiano Rosário

As possíveis entrada do meio-campista Itaqui e do atacante Jhemerson aumentarão a média de idade do Paraná Clube na partida contra o Cianorte nesta quinta-feira (21), às 20h, na Vila Capanema. Além disso, os novos titulares também diminuem o espaço das jovens promessas paranistas.

O Tricolor deve ir a campo com Alisson; Éder Sciola, Rodolfo, Leandro Almeida e Guilherme Santos; Jeferson Lima, Itaqui e Alesson; Jhemerson, Andrey (Keslley) e Jenison. Se este time for confirmado, a média ficaria em 25,7 anos.

+ Leia também: Sob pressão, Tricolor encara o Cianorte

Éder Sciola (33), Leandro Almeida (32) e Guilherme Santos (31) formam a sustentação defensiva da equipe. Rodolfo (24) completa a linha de quatro atletas. No gol, o atual camisa 1 é Alisson (23), mas Thiago Rodrigues (30) deve retornar assim que se recuperar totalmente de lesão.

No meio, o técnico Dado Cavalcanti aposta em jogadores mais novos. Jeferson Lima (22) é o primeiro volante, enquanto Alesson (20) é o meia de criação. Fernando Neto (26), segundo homem do sistema, virou dúvida e a tendência é de que Itaqui (31) entre em seu lugar.

+ Mais na Tribuna: Para Dado, Paraná Clube ainda precisa melhorar pra Série B

Por fim, no ataque, a juventude também é presente com Andrey (18) – o atacante, com desgaste físico, pode ser poupado. Keslley (19) é a outra opção. Já Jhemerson (22) deve entrar no lugar de Jean Lucas (24), que assumiu a titularidade contra o Rio Branco e não agradou. O centroavante é Jenison (27) e não tem outro jogador que faça a função. Caio Rangel (23) e Rodrigo Carioca (21), junto com Jenison, formam o trio ofensivo ideal para o treinador, mas a dupla está entregue ao departamento médico.

O que chama atenção, com o decorrer do Campeonato Paranaense, é de que os atletas formados no clube estão, aos poucos, saindo de cena. Atualmente, apenas Alesson e Andrey têm se firmado entre os 11. O discurso da diretoria e comissão técnica desde a reta final da Série A do ano passado era de que iriam aproveitar mais os jovens formados na base.

+ Confira a classificação completa e a tabela de jogos da Taça Dirceu Krüger

A utilização até está sendo feita, muito pela falta de recursos nas contratações, mas eles estão mais figurando no banco de reservas do que iniciando em campo. Ainda existem o meia Gabriel Pires e o atacante Rafael Furtado que nem sequer são relacionados e estão no elenco.

Após os jogos de quarta-feira (20), o Tricolor caiu para a terceira posição e precisa bater o Cianorte pela terceira rodada da Taça Dirceu Krüger para voltar para a vice-liderança do Grupo B. Coritiba e Cascavel CR possuem seis pontos, enquanto o Paraná tem três.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

2 Comentários em "Média de idade do time do Paraná Clube aumenta após mudanças"


Barbosa Sincero
Barbosa Sincero
28 dias 13 horas atrás

Colocar esses pançudos em campo…final de carreira mesmo…

Ricardo Soares
Ricardo Soares
28 dias 11 horas atrás

Sinceridade, seu Sincero: oceis tem pobremas la’ em cima…
BOCAETERNAMENTE.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas