Com a aproximação da reta final do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Matheus Costa acredita que o Paraná Clube está sendo visto de forma muito diferente do começo da competição. Para ele, após o Tricolor emendar a sequência de cinco vitórias e chegar a estar na vice-liderança, passou a estar no grupo dos times cotados pelo acesso.

O comandante é o mesmo que levou a equipe paranista ao acesso em 2017. Neste ano, ele retornou ao clube no início de abril, após o Paraná ser desclassificado do Campeonato Paranaense. Costa entrou no lugar de Dado Cavalcanti, que estava no cargo desde outubro do ano passado.

+ Leia também: Tricolor tem problemas no ataque pra enfrentar o Vitória

“Quando eu cheguei aqui no Paraná, acredito que era unânime, praticamente todos falavam que o Paraná não iria brigar para subir, que o Paraná ficaria em uma situação de parte de baixo da tabela. Era um comentário local e também de forma nacional”, explicou ele.

Mesmo que o time, naquela altura da competição, não inspirasse confiança, o treinador destacou que isso foi se modificando ao passar das rodadas. O Tricolor somou cinco importantes vitórias em sequência e a visibilidade do time mudou.

“Poucos falavam do Paraná brigando por um acesso. Com a nossa sequência isso mudou um pouco e todos começaram a falar que o Paraná era uma equipe que vai realmente brigar na parte de cima”, contou o treinador, que acredita que esses resultados atraíram um olhar mais apurado dos adversários seguintes.

+ Mais na Tribuna: Paraná aproveitou a semana cheia pra tentar dar a volta por cima

“Eu vejo com certeza que com essa sequência de vitórias os adversários chegaram mais preparados para enfrentar o Paraná. Mas faltou para nós continuar o que estávamos fazendo para conquistar as nossas vitórias”, disse Costa, explicando as derrotas por 1×0 para o Sport e 3×0 para o Londrina, além do empate em 0x0 com o América-MG.

E justamente por saber que os demais times da Série B passaram a mirar no Tricolor que o técnico chamou a responsabilidade para que a equipe saiba sair dessa situação atual incômoda sem vitórias da melhor forma possível.

+ Confira a classificação completa da Série B

“O Paraná venceu equipes consideradas concorrentes ao acesso, então isso fez abrir a mente dos adversários que vieram preparados para enfrentar a gente. Agora cabe a nós também assumir realmente essa responsabilidade e encarar todo jogo como decisão. As vitórias não vão vir por acaso, virão se a gente se entregar o máximo”, finalizou.

A chance do Paraná se recuperar na tabela é neste sábado (10), quando encara o lanterna Vitória, às 19h, no Barradão. Com 23 pontos, o Tricolor tem a mesma pontuação do CRB, o quarto colocado, mas com um jogo a mais. Por isso, se ganhar em Salvador, pode até retornar ao G4, dependendo ainda que Botafogo-SP ou Coritiba não vençam nesta rodada.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, nossos blogs exclusivos e os Caçadores de NotíciasVem com a gente!