Os jogadores do Paraná Clube deixaram o gramado da Vila Capanema chorando de emoção após a virada histórica sobre o Bahia de Feira, na quarta-feira (26), pela segunda fase da Copa do Brasil. O Tricolor perdia por 2×0 até os 46 minutos do segundo tempo, quando fez três gols nos acréscimos e virou o resultado. O capitão Fabrício, autor do segundo gol paranista, era um dos mais emocionados.

“A gente merece muito. Eu estou aqui desde o ano passado. É uma dificuldade imensa para trabalhar, sem receber. Não podia acabar diferente. Nossa família sofre junto. Esse grupo merece”, desabafou o zagueiro à rádio Transamérica.

A diretoria do Paraná prometeu que a renda líquida da partida seria destinada como premiação aos atletas em caso de classificação. Por isso, o clube fez promoção de ingressos. A renda bruta, sem contar as despesas, foi de R$ 121 mil. 6.227 pagaram entrada para ir à Vila.

Mas muita gente deixou o estádio quando o Bahia de Feira fez o segundo gol. Antes da virada, houve protestos e até grito de ‘olé‘ contra os donos da casa. Até o meia Renan Bressan marcar de falta o gol da classificação, aos 53 minutos do segundo tempo.

“Aqui no Brasil é duro. Lá fora os torcedores reclamam, mas não é igual aqui. Mas nós vamos recuperar e fazer um grande ano no Paraná. O clube merecia, a torcida merecia. A classificação é um estímulo financeiro e motivacional”, avaliou o meia.

Renan Bressan comparou as cobranças no Paraná com as do futebol europeu. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

O lateral-direito Paulo Henrique fechou as declarações: “Nosso time é de guerreiro. Nós batalhamos. Esse é o espírito de guerreiro que tem o Paraná Clube”.

Por fim, o técnico Allan Aal manteve o tom mais comedido na coletiva, mas exaltou a garra do time. “Esse sentimento representa muita coisa positiva. Mas por isso que eu tento passar a calma para os jogadores não deixarem a emoção tomar conta. Mas pode ter certeza que hoje nós vamos tomar um chope”, ressaltou o treinador.

O adversário do Tricolor na terceira fase da Copa do Brasil será o Botafogo. As datas das partidas não foram definidas ainda.

+ Mais do Tricolor:

+ Cristian Toledo: emoção em estado puro na Copa do Brasil