A derrota por 4×2 para a Ponte Preta, no último sábado (25), frustrou os planos do Paraná Clube, que perdeu a invencibilidade na Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, alguém no Tricolor teve motivos para comemorar.

Autor dos dois gols do time paranista, o meia João Pedro deixou sua marca, inclusive fazendo o gol mais bonito da carreira, nas palavras dele mesmo.

+ Leia também: Tricolor aposta em sequência caseira pra voltar a brigar pelo G4

“Vou te falar que foi o gol mais bonito da minha carreira até hoje. Uma bola difícil, consegui pegar na veia”, disse um empolgado João Pedro, em entrevista ao Sportv, ainda no intervalo do jogo.

O lance citado aconteceu aos 39 do primeiro tempo, quando o camisa 7 do Paraná pegou um sem pulo de primeira, sem deixar a bola cair, acertando o ângulo. O gol foi o segundo do jogo. Ambos marcados pelo meia, que desencantou nesta volta ao clube.

+ Mais na Tribuna: Matheus Costa lamenta falhas do Paraná Clube contra a Ponte Preta

Em 2017, o atleta já havia vestido a camisa paranista e foi um dos responsáveis pelo acesso à Série A naquela temporada. As boas atuações criaram um vínculo entre os dois lados, mesmo com João Pedro sendo cria do rival Athletico.

“Eu tenho um carinho muito grande aqui. Em um momento difícil da minha carreira, que eu não estava jogando, eles abriram as portas para mim. A torcida me abraçou, e sou muito feliz aqui”, completou ele.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!