Enquanto o Cruzeiro luta pela liderança do Brasileirão, apenas um ponto atrás do primeiro colocado Botafogo, a Ponte Preta sofre para se afastar da zona de rebaixamento (ocupa o 16º lugar). Apesar dessa enorme diferença entre os dois, o técnico Marcelo Oliveira pede cuidado e atenção redobrada ao time mineiro para o confronto deste sábado, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

“A Ponte Preta é um time que tem alternado um pouquinho a forma de jogar, às vezes com três zagueiros, outras vezes com dois, mas é um time muito competitivo, imprime muita velocidade quando tem a bola, tem o artilheiro do campeonato (o atacante William, com 10 gols) e temos que estar bem atentos e bem firmes, porque é um jogo fundamental na nossa caminhada”, afirmou Marcelo Oliveira.

Mesmo fora de casa, onde o Cruzeiro não tem conseguido performance tão boa (são duas vitórias, dois empates e três derrotas), Marcelo Oliveira cobra uma postura ofensiva do seu time. “Temos que fazer um jogo forte, competitivo, criar uma estratégia de agredir sempre, minimizar o erro e ser mais decisivo quando as chances aparecem. Tem nos custado caro deixar de fazer gol quando aparece uma oportunidade clara para fazer. Precisamos sustentar essa posição tão boa que temos até então e melhorar o aproveitamento fora de casa”, avisou o treinador.