O Internacional terá três importantes desfalques hoje, contra o Palmeiras, em Porto Alegre. O técnico Celso Roth não poderá contar com o meia Carlos Miguel, suspenso, o goleiro Clêmer e o meia Fabiano Costa, ambos contundidos.

Mesmo com os desfalques, o Inter quer tirar proveito do momento de instabilidade que vive o Palmeiras, para se aproximar dos líderes. Com duas vitórias e um empate nos últimos jogos, o time gaúcho subiu da 18.ª para a 10.ª posição na competição, com 13 pontos ganhos.

Para o lugar de Clêmer, Roth escala o reserva João Gabriel. O substituto de Fabiano Costa, artilheiro do time (4 gols) será Cleiton Xavier. Na vaga de Carlos Miguel, o treinador deve escolher Chiquinho, mas ainda há as opções de Daniel Carvalho e Rubiano.

Palmeiras

Em 11 de setembro de 2001, exatamente um ano atrás, o mundo parava, incrédulo, para acompanhar os atentados ao World Trade Center, em Nova York. Na mesma data, na Barra Funda, os torcedores do Palmeiras protestavam contra seu treinador, na época Celso Roth. Não gostavam da forma como escalava o time. A equipe, porém, liderava o Brasileiro com tranqüilidade, com 25 pontos em 11 jogos. “Éramos felizes e não sabíamos” brincam alguns palmeirenses.

Hoje, 11 de setembro de 2002, o Palmeiras, sob o comando de Levir Culpi, tenta, contra o Inter, de Celso Roth, a vitória para fugir das últimas posições – ocupa a 23.ª no Brasileiro. Só venceu uma vez em 8 partidas.

No Brasileiro do ano passado, O time fazia campanha brilhante, mas Roth não agradava à torcida. Apesar dos bons resultados, foi demitido pela pressão. Faixas hostis e xingamentos quase diariamente marcavam a rotina do clube. O treinador não resistiu e a equipe nunca mais se acertou. Após sua saída, despencou na tabela e não conseguiu a classificação entre os oito melhores, fato que parecia impossível.

Na direção do ascendente Internacional, Roth pode afundar ainda mais o ex-time, do qual saiu bastante magoado. Os jogadores palmeirenses, embora muitos não gostassem do estilo “xerifão” de Roth, evitam falar que a vitória terá gostinho especial. Mas sabem que será fundamental para as pretensões da equipe no semestre. Levir tem consciência de que, para não sofrer os mesmos problemas de Roth, terá de conseguir bons resultados.

O time de Levir entrará em campo com uma alteração. O zagueiro César, recuperado de contusão, volta a fazer dupla com Alexandre. Entrará no lugar do jovem Thiago Matias.

Ficha Técnica

Local: Beira-Rio (Porto Alegre). Horário: 20h30. Árbitro:

Inter – Clemer; Claiton, Luiz Alberto, Ronaldo e Cássio; Márcio, Alexandre, Cleiton Xavier e Chiquinho (Daniel Carvalho); Mahicon Librelato e Fernando Baiano. Técnico: Celso Roth.

Palmeiras: Marcos; Arce, Alexandre, César e Rubens Cardoso; Paulo Assunção, Fabiano Eller, Leonardo e Zinho; Nenê e Dodô. Técnico: Levir Culpi.