Divulgação
Professor João Negrão.

Os cuidados com a uniformização das decisões da Comissão de Ética dos 55.º Jogos Colegiais do Paraná (Jocops) foram discutidos pela Paraná Esporte em Curitiba, com os chefes dos 14 centros regionais de esporte e lazer e representantes dos 32 núcleos regionais de educação. A competição, que teve novo remanejamento de datas, começa agora dia 9 de maio, em dez sedes.

?Temos uma diversidade muito grande, variando de região para região. Em alguns lugares temos índios; em outros, filhos de sem terra; e todo tipo de diversidade racial, econômica e social?, disse o presidente da comissão permanente de ética, o professor João Negrão, responsável pelas orientações no encontro.

Entre as orientações repassadas aos membros do conselho, o tipo de punição às crianças, pedagogicamente, foi bastante frisado. ?Temos que ter critérios para diferenciar os jovens da Classe A (15 a 17 anos), que devem receber punições justas, e os da Classe B (até 14 anos), com penas pedagógicas, com o intuito de formá-los socialmente para competições futuras?, orientou Negrão.