É clichê falar em “novos desafios”, “novos momentos”, até mesmo o “vida nova” que eu usei no título. Mas esse post nesse 17 de janeiro de 2020 marca mesmo um novo começo pra mim. Deixo oficialmente a coordenação do Esporte da Tribuna do Paraná e passo a ser blogueiro. Foi uma mudança definida há dois meses, que admito que me surpreendeu.

Passamos em definitivo a trabalhar em uma equipe conjunta na Unidade Jornais do GRPCOM. Isso significa, de forma mais simples, que as equipes de Esporte da Tribuna do Paraná e da Gazeta do Povo são agora uma só. Esse time trabalha para os dois veículos, atendendo-os nas suas necessidades e ampliando o leque da nossa cobertura – que segue sendo com uma opção visceral por Athletico, Coritiba e Paraná Clube em especial, e no futebol paranaense como um todo.

Dentro desse ajuste, deixei a chefia da Tribuna. E o André Pugliesi é o coordenador dessa equipe unida, e tenho certeza que ele e todo o time vão tocar o barco de forma competente. Tive esses dois meses pra pensar, inclusive durante minhas férias, pra voltar e começar esse novo caminho.

+ Confira a tabela do Campeonato Paranaense!

Exercia muito pouco o papel de analista na Tribuna. Além do noticiário do dia a dia, tinha o papel burocrático (definição de pautas, escala de trabalho, férias, revisão de cartão ponto, definição de viagens, custos, reuniões e tudo mais). Por isso, escrevia menos do que desejava – e opinava quase nada. Mas sou analista, é essa minha função dentro do grupo, na RPC, e o que faço agora é ampliar esse leque fazendo esse papel dentro da equipe Gazeta do Povo/Tribuna do Paraná.

Aqui então teremos um blog de análise. Primeiro e antes de tudo. O plano é falar sobre nossos times sempre que possível ou necessário. Em texto mas também em vídeo. Gravado mas também ao vivo. Dando a minha opinião mas também sabendo a de vocês em tempo real. Conversando a gente sempre se entende, e o meu objetivo é fazer desse blog um espaço de discussão permanente do futebol paranaense.

+ Saiba como assistir aos jogos do Paranaense pelo celular, computador ou Smart TV

Também vou fazer algo que me apaixona – recuperar a história. Momentos de trocentos anos atrás serão recuperados, e isso também será constante por aqui. Serei blogueiro, não colunista. Não pretendo ficar em um texto por dia.

O podcast De Letra, que teve 19 edições semanais no ano passado, passa a ser parte do blog. Aos poucos vou transferir os materiais antigos pra cá. O podcast segue com a ideia de tratar o Trio de Ferro com leveza, com entrevistas ou programas com temas específicos. Na próxima quarta-feira (22), voltam as edições inéditas.

Haverá mais conteúdo, que vai ser apresentado nas próximas semanas. Convido você a entrar nessa jornada comigo. É hora de mergulhar.