Se para o Coritiba o duelo desta quinta-feira (24), às 21h30, no Couto Pereira, é fundamental para as suas pretensões na Série B do Campeonato Brasileiro, para o Operário não é diferente. O duelo local contra o Coxa pode ser o divisor de águas para o Fantasma, quem sabe, passar a brigar definitivamente pelo acesso à primeira divisão do ano que vem em caso de vitória.

Mais do que isso, o time de Ponta Grossa pode conquistar seu primeiro objetivo nesta Série B. Se ganhar, a equipe chegará aos 46 pontos e eliminará qualquer chance de rebaixamento à Série C. Reflexo da boa campanha de um clube que, mesmo com um investimento modesto, conseguiu fazer bem seu papel nesta temporada.

Para enfrentar o Alviverde, o técnico Gerson Gusmão ainda tem uma dúvida. O volante Jardel tem sido poupado das últimas atividades, não atuou contra o São Bento, na última rodada, e não tem participação garantida na partida. Se o jogador não reunir condições de atuar, o volante Revson deve ser seu substituto.

“O Jardel estava com desconforto, musculatura pesada e não tinha condição de jogar. Esperamos até o último momento e não poderíamos ter o risco de colocá-lo sem estar 100%”, avisou o treinador.

+ Confira a classificação completa da Série B!

O Operário, que durante a segunda divisão passou por momentos de altos e baixos, tem 8% de chances de subir para a Série A, segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia. Para seguir sonhando, o Fantasma precisa vencer o confronto local contra o Coxa para, quem sabe, conseguir seu terceiro acesso consecutivo em apenas três anos.

Leia mais:

+ Operário critica Coritiba por cobrar R$ 150 por ingressos
+ Coxa pode ter força máxima contra o Fantasma