Sem jogar bem, irregular e com muitas deficiências, o Coritiba perdeu de virada para o Criciúma por 2×1, na última terça-feira, no Estádio Heriberto Hülse e provou que tem muito que melhorar se quiser conseguir o acesso na edição deste ano da Série B do Campeonato Brasileiro. Faltou talento, tática e o recuo excessivo que teve durante o segundo tempo foi a prova que o time coxa-branca não foi maduro o suficiente para segurar o placar e evitar a derrota em Santa Catarina.

“Acontece, né? A gente tem que aprender com os erros, porque isso já aconteceu. Não foi a primeira vez que a gente toma um gol no final do jogo. A palavra certa é que o time precisa amadurecer. Tem que começar a amadurecer faz tempo. Saber que quando chega no fim do jogo acabou. Como disse o Wanderley Luxemburgo: ‘fura a bola’, sai daqui com um ponto para os dois jogos em casa. Temos que amadurecer o mais rápido possível”, lamentou o atacante Rodrigão.

+ Leia mais: Coritiba toma gol no fim e perde pro Criciúma fora de casa

O Coritiba, diante do Criciúma, saiu na frente logo no primeiro minuto do segundo tempo com Thiago Lopes, mas recuou demais. Reflexo das alterações feitas pelo técnico Umberto Louzer. O time catarinense, então, cresceu no jogo, conseguiu o empate e virou a partida aos 49 minutos do segundo tempo.

“Temos que aprender. Tem que saber que quando estamos com o resultado favorável, tem que jogar da mesma forma. Saber sofrer um pouco mais. Temos mais uma semana para treinar isso aí e se Deus quiser vamos buscar os três pontos contra o São Bento”, emendou o camisa 9.

+ Confira a tabela e a classificação da Série B!

O goleiro Wilson lamentou a virada sofrida pelo Coritiba. O arqueiro alviverde também criticou o recuo excessivo do time coxa-branca que, para ele, custou a derrota para o Criciúma, fora de casa. “Mais uma vez foi vacilo nosso. Saímos na frente, recuamos. Demos espaço para o Léo Gamalho e a gente sabia que era o diferencial do time deles. Tomar esse gol de bola parada não pode acontecer. Temos que corrigir para os dois jogos em casa. Temos que trabalhar e voltar a vencer para subir na tabela novamente”, reforçou Wilson.

O revés sofrido pelo Coritiba deixa o time mais distante do G4 da Série B. A diferença, em caso de vitória, seria de um ponto. Antes do final da rodada é de quatro e, assim, o time coxa-branca vai entrar em campo mais pressionado para os dois duelos seguidos que tem casa contra São Bento, terça-feira que vem, e Vila Nova, no dia 23.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!