Prestes a fazer seu último jogo no primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro, neste sábado (4), diante do Fortaleza, na Arena Castelão, o Coritiba ainda não encontrou a regularidade que precisa para brigar definitivamente pelo acesso. A busca é incessante, intensa, mas ainda está longe de ser conquistada pelo time. O Verdão, diante dos altos e baixos durante toda a primeira parte da Segundona, não vai conseguir conquistar o objetivo imposto pelo técnico Eduardo Baptista, que era de se consolidar no G4 e abrir diferença de pontos para o quinto colocado.

Pior do que isso, o Coxa corre o risco de terminar o primeiro turno fora do grupo de acesso à elite. Para conseguir entrar no pelotão dos quatro primeiros, o Alviverde terá que vencer o atual líder da Série B, fora de casa. Em caso de empate, precisará torcer para que Avaí ou Figueirense percam seus compromissos contra CRB e Ponte Preta, respectivamente.

Apesar de não ter cumprido essa meta inicial, o Coritiba prega cautela, já que tem todo o segundo turno pela frente para conseguir essa regularidade e embalar rumo ao retorno à primeira divisão. O volante Uillian Correia afirmou que isso não pode mexer com o psicológico do elenco para a continuidade da competição.

“O campeonato tem 38 rodadas. Não pode pensar que na 19ª temos que assumir a liderança de uma forma que mexa com nosso psicológico. Temos que terminar o ano de 2018 com o acesso conquistado. Sabemos que vamos enfrentar muitas dificuldades, queremos, sim, conquistar o primeiro lugar, mas é pensar jogo a jogo. O Brasileiro é muito de regularidade. Você tem que ser regular. Se não der para vencer, você não perde. Todos os jogos a gente entra para buscar os três pontos, mas quando não é possível, procuramos não perder e, assim, você fica mais perto da vitória”, cravou o camisa 6 do Coxa.

O Alviverde viveu uma gangorra nesta primeira metade da Série B. Conseguiu convencer em poucos jogos, mas sustentou a briga pelo G4 sobretudo pela boa campanha que fez dentro de casa. A expectativa, assim, é que o Verdão assuma o protagonismo no segundo turno, já que tem o maior investimento da Segundona e possa conquistar o acesso.

Confira a classificação completa da Série B

“Sabemos da dificuldade que é a Série B. É um campeonato difícil, tem várias equipes brigando pelo mesmo objetivo e o Coritiba é uma delas. A gente vai brigar pelo acesso e tenho certeza que vai conseguir. Enfrentamos uma equipe que também briga pelo acesso, que é a Ponte Preta. A gente vai conseguir o equilíbrio e uma sequência de vitórias para embalar na competição”, reforçou Uillian Correia.

Para conseguir embalar, vencer o Fortaleza será o primeiro passo, já que o time cearense é o líder da Série B e concorrente direto na luta pelo acesso à primeira divisão. “A motivação é ainda maior. Você vencer o Fortaleza, que é líder, dentro da sua casa, tenho ceretza que no jogo seguinte o Couto vai estar lotado. É um desafio para nós chegar em Fortaleza e conquistar esse objetivo. Uma motivação chegar lá, fazer uma grande partida diante do líder, como fizemos diante do Goiás e fazer um jogo sem erros”, arrematou o volante.