Acostumado a fazer do Couto Pereira uma das suas armas na disputa do Campeonato Brasileiro, o Coritiba registrou, até agora, uma média de público muito abaixo do esperado neste primeiro turno, com apenas 9.587 pagantes por partida. Por isso, a diretoria lançou um novo plano de sócios e novos programas com ingressos mais baratos para atrair de novo a torcida para o Alto da Glória no segundo turno do Brasileirão e, sobretudo, para ajudar o Coxa na luta para não ser rebaixado para a segunda divisão.

A nova campanha de sócios do Coritiba, que conta com planos a partir de R$ 19,90 por mês e foi denominada de “Jogue com o Coritiba dentro e fora de campo”, traz diversos benefícios para o torcedor. E no programa “Você+1”, o associado do Verdão ganha desconto de R$20 na sua mensalidade a cada novo sócio indicado e, ao final do mês, as indicações, dependendo do seu plano, pode valer a quantia total de uma mensalidade.

O segundo vice-presidente do Coritiba, Gilberto Serpa Griebeler, enumerou os benefícios que o torcedor terá ao se associar ao clube e ressaltou a importância dos associados para a saúde financeira do Coritiba. “Retomar nosso quadro associativo que caiu e é vital ao clube. Para isso, vamos ativar nossos planos motivando os torcedores não apenas com acesso a jogos e na contribuição ao time, mas também para que ele aproveite os diferenciais, como o Clube de Benefícios e o programa Goleada. São condições de ganho direto capazes de fazer a associação gerar algum tipo de retorno ao sócio, como economia na compra de produtos e serviço ou experiências únicas. Atrativos além daquilo que o torcedor está acostumado”, apontou o cartola, em entrevista exclusiva à Tribuna.

Apesar da média de público de apenas 9.587 torcedores por partida, o número de associados do clube é bem superior a esse. De acordo com o balanço divulgado pelo Verdão no seu portal da transparência, o Coritiba registrou, ao final do mês de junho, 15.829 associados em dia com o clube. Para o segundo turno da competição nacional, a diretoria lançou uma promoção de vender, de uma só vez, um pacote com todos os ingressos do returno ao preço de R$ 180 para o setor Mauá, ou seja, cada bilhete custaria apenas R$ 20.

“Fizemos esta ação no começo do campeonato e tivemos uma boa adesão. Como precisamos atender aos mais variados consumidores, foi importante retomar a medida para o segundo turno. Será uma fase decisiva, ter o torcedor ao nosso lado será muito importante, por estas razoes há sim expectativa de venda do pacote”, apontou Griebeler.

Ainda segundo o vice-presidente, o clube viu a necessidade de apresentar ao torcedor alternativas mais viáveis de acompanhar seu clube do coração no estádio mesmo diante da crise financeira que o país atravessa. Assim, o clube, caso obtenha mais uma vez sucesso nessa promoção, conseguirá ver o Couto Pereira mais cheio e ainda potencializará a sua receita nas partidas.

“Vivemos um momento delicado do país e precisamos entender a posição de nosso torcedor. Arquibancadas vazias não significam falta de interesse pelos times, mas também uma dificuldade financeira do brasileiro. Quando apresentamos medidas como estas, um plano de sócios com valores de R$ 19,90 e pacote de ingressos a R$ 20 é justamente para levarmos ao consumidor uma alternativa viável. O clube precisa de seus sócios e torcedores, sobretudo nós, que optamos por uma política financeira austera, mas os torcedores também precisam que os clubes deem alternativas viáveis de consumo”, concluiu o dirigente.

Nova torcida! Veja mais sobre o futebol paranaense na coluna do Mafuz!