O Coritiba está embalado na Série B do Campeonato Brasileiro e a promessa é de que a fase boa continue. Já são seis jogos sem derrotas e o último placar conquistado foi uma vitória de 2×0 em cima do Figueirense. Agora, o confronto será diante do Brasil de Pelotas, e acontece nesta terça-feira (13), no Couto Pereira, a partir das 21h30. O Verdão é o vice-líder da competição, com 26 pontos, mas o elenco fala sobre manter os pés no chão neste momento.

O meia Thiago Lopes explicou que o confronto diante de um adversário que está na segunda metade da tabela (13º) será duro, mas que o Coxa está preparado para somar mais três importantes pontos. O diferencial do Alviverde será apostar nas particularidades.

+ Leia também: Em Série B equilibrada, futebol paranaense vai mostrando potencial

“Vai ser um duelo difícil, é uma equipe boa com forte marcação, competitiva, mas estamos focados. Não importa o momento deles ou nosso porque isso não entra em campo. Vamos buscar o resultado a todo momento e nos concentrar nos detalhes”, disse.

+ Confira a classificação completa da Série B

O jogador garantiu que o elenco está consciente de que a competição ainda está muito longe de terminar e que por isso a cada rodada o time está analisando os erros para sempre alcançar a evolução. “Estamos buscando trabalhar para termos regularidade no campeonato, que é a longo prazo. Estamos com um bom ambiente interno, tranquilidade e pés no chão. Quanto mais vitórias melhor, mas nosso foco é fazer o melhor, corrigir os erros, para evitar as derrotas”, explicou.

+ Mais na Tribuna: Cria do Coritiba, Igor Jesus se emociona com gol no Couto lotado

Na opinião do meia de 22 anos, cria das categorias de base do Coritiba, o elenco está tendo maturidade para entender que a boa sequência do time é uma fase, sem se deslumbrar com a colocação temporária no topo. “O momento bom vai passar, mas temos que aproveitar da melhor forma”, enfatizou, garantindo que com muita humildade o time vai cada vez mais provar que é candidato ao acesso. “Nunca deixamos de ter o pé no chão. Tivemos foco até aqui e os jogadores nunca se deslumbraram e vamos continuar assim”, finalizou.