enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Briga boa

Em Série B equilibrada, futebol paranaense vai mostrando potencial

Os quatro times do Estado estão entre os 11 primeiros colocados, separados por apenas cinco pontos entre si

  • Por Ricardo Brejinski
Coritiba é o melhor time do Estado, ocupando a vice-liderança. Paraná vem em má fase, mas está só a um ponto do G4. Fotos: Albari Rosa/André Rodrigues

A 15ª rodada da Série B não foi das melhores para o futebol paranaense. Em quatro jogos, foram duas vitórias, de Coritiba e Operário, e duas derrotas, de Londrina e Paraná Clube. No entanto, a campanha do quarteto, de uma forma geral, é positiva.

Quase todos eles ocupam a metade de cima da tabela. A única exceção é o Fantasma, mas que aparece colado, em 11º, e só saiu deste grupo no complemento da rodada. No domingo (11) pela manhã, a Ponte Preta venceu e passou a equipe de Ponta Grossa. Por outro lado, Coxa e Tubarão aparecem no G4, enquanto o Tricolor, embora esteja em nono e vivendo uma crise recente, está só um ponto atrás do Alviceleste, que é o quarto colocado.

+ Leia também: Cria do Coritiba, Igor Jesus se emociona com gol no Couto lotado

Além disso, o Alviverde, que atualmente ocupa o segundo lugar na tabela, tem a melhor campanha das últimas seis rodadas. Neste período, somou 14 de 18 pontos disputados. Neste mesmo período, os outros que tiveram bom desempenho foram o Cuiabá, com 12 pontos, CRB, com 10, e o Bragantino, com 9. O time de Bragança Paulista, aliás, caiu de produção, mas segue na ponta.

O clube de Bragança Paulista é o dono do maior investimento da segunda divisão e vem mostrando isso em campo. Entrou no G4 já na terceira rodada e assumiu a liderança na sétima. Desde então, não saiu mais da posição, apesar de já não vencer há três rodadas, com dois empates e uma derrota, além de só ter vencido duas vezes nos últimos sete jogos que disputou.

Apesar de ser o 11º colocado, Operário tenta se aproximar do G4 e vem fazendo jogos duros, como foi contra o Coxa. Foto: Josué Teixeira

Apesar de ser o 11º colocado, Operário tenta se aproximar do G4 e vem fazendo jogos duros, como foi contra o Coxa. Foto: Josué Teixeira

Do outro lado da tabela, a briga pra fugir da zona de rebaixamento é de cachorro grande. Dos quatro últimos colocados, dois deles estavam no ano passado na Série A: Vitória e América-MG, que ocupam a 17ª e 18ª posições, respectivamente. O lanterna é o Guarani, que não disputa a primeira divisão desde 2010, mas já foi campeão brasileiro, em 1978, e é um dos clubes mais tradicionais da atual Segundona.

+ Mais na Tribuna: Jogadores não querem Paraná se acostumando a não vencer

Outro conhecido também luta pra sair da situação incômoda. Campeão da Copa do Brasil, em 1992, e figurinha conhecida na elite, o Criciúma deixou a zona da degola no último domingo (11), quando bateu o Sport.

Londrina é o outro paranaense dentro do G4, mas vantagem para o Paraná Clube é de apenas um ponto. Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

Londrina é o outro paranaense dentro do G4, mas vantagem para o Paraná Clube é de apenas um ponto. Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

De maneira geral, a Série B vem apresentando um equilíbrio muito grande neste final de primeiro turno. Tanto que a distância do quarto colocado para o décimo é de apenas um ponto. Para se ter uma ideia, o próprio Operário está mais perto da zona de rebaixamento em termos de posição, uma vez que está só seis acima, mas na pontuação está a uma vitória de entrar no G4.

+ Confira a classificação completa da Série B

Ninguém ainda disparou lá em cima e nem se isolou lá embaixo. Como um comparativo com a Série A, o primeiro colocado (Santos), já somou cinco pontos a mais. Em uma classificação geral, o Bragantino apareceria apenas na terceira posição. Ao mesmo tempo, o Bugre, último colocado na Segundona, estaria fora da zona de rebaixamento na elite, principalmente pelo fato de o Avaí ainda não ter vencido e o CSA ter somado só uma vitória até agora. Sem contar o fato de que a segunda divisão está uma rodada à frente.

O que mostra o equilíbrio na briga para subir. Restando apenas mais quatro jogos para o final do primeiro turno, qualquer projeção é inviável. Até mesmo quem está lá atrás pode se recuperar e sonhar com o G4. Bom para o futebol paranaense, que luta para aumentar o número de representantes no Brasileirão em 2020 e tem quatro candidatos para isto.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

4 Comentários em "Em Série B equilibrada, futebol paranaense vai mostrando potencial"


MAIOR DO ESTADO
MAIOR DO ESTADO
8 dias 19 horas atrás

bem equilibrada!!! por baixo… kkkkkkkkkkkk

ano passado foi e este ano estão sendo as temporadas da serie B mais fáceis da história…

pelo jeito as paquitas vão ate conseguir ficar pelo meio da tabela

Junior Coxa
Junior Coxa
8 dias 19 horas atrás

Uma vaga é do Coxa.
Que se matem pelas outras três.

MAIOR DO ESTADO
MAIOR DO ESTADO
8 dias 19 horas atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

MAIOR DO ESTADO
MAIOR DO ESTADO
8 dias 19 horas atrás

é o carro do sonho que está passando em frente ao pinga mijo da protork!!!

aproveitem freguesia!!!

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas