O Coritiba poderá sofrer com ausências forçadas para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro. Mais uma vez, o departamento médico do clube precisará trabalhar forte para recuperar importantes atletas para o time. Na vitória de virada por 2×1 para o São Bento, que aconteceu no Couto Pereira na última terça-feira (16), três jogadores saíram de campo com dores e agora passam por avaliação para saber se terão condições de contribuir com o Alviverde nas próximas partidas. O Coxa, que tem 15 pontos na competição, tem pela frente o Vila Nova na próxima terça-feira (23), no Alto da Glória.

Contra o São Bento, o goleiro Wilson, o lateral-direito Felipe Mattioni e o meia-atacante Rafinha sentiram desconforto muscular durante a partida. O camisa 1, com dores na posterior da coxa, foi substituído logo na volta da segunda etapa por Alex Muralha. Já Mattioni, sentindo o joelho minutos depois do reinício do jogo, deu lugar a Giovanni.

Rafinha, por sua vez, que não pôde sair de campo porque o técnico Umberto Louzer já tinha feito as três substituições regulamentares, aguentou com valentia até o apito final. O meia-atacante sentiu um incômodo na parte posterior da coxa desde os 15 minutos do segundo tempo e ainda conseguiu marcar o gol da vitória aos 38 minutos.

+ Leia mais: Coritiba tem a terceira melhor média de público do Brasil

Outro que teve problemas foi Mattioni, que voltou a estar entre os titulares depois de quatro meses lesionado. Ao final do duelo, o jogador comentou que acreditava que seu caso poderia não ser tão grave, porém, preferiu pedir para sair para não se esgotar e assim poder dar sequência dentro do time. Nesta quinta-feira (18), o elenco se reapresentou no CT da Graciosa e os três realizaram atividades específicas de recuperação e passarão por exames complementares.

Não é a primeira vez nesta Série B que o Coritiba vem enfrentando dificuldades por conta de atletas lesionados. Logo após a partida diante do Paraná Clube, no dia 8 de junho, a equipe do Coxa ficou muito desfalcada com quatro baixas por lesões. Com isso, no último confronto do time antes da parada para a Copa América – contra o Guarani –, o grupo ficou sem Giovanni, Rafinha, Diogo Matheus e Patrick Brey. Desses, o lateral-direito Diogo Matheus, o favorito a ser titular na posição, segue em recuperação e ainda não retornou.

Mattioni voltou a se contundir. Foto: Albari Rosa.
Mattioni voltou a se contundir. Foto: Albari Rosa.

Apesar de não ter a certeza se poderá escalar o time considerado ideal para a sequência da disputa, o técnico Umberto Louzer deve, em contrapartida, ter novidades. O lateral-esquerdo Patrick Brey , que foi relacionado e esteve no banco de reservas contra o São Bento, está apto a atuar.

O assunto ‘baixas por lesões’, sem dúvidas incomoda Louzer, porém, ainda assim o treinador garante que vai ser otimista quanto a esses problemas e vai procurar dar confiança aos jogadores que entrarem como titulares.

Confira a classificação completa da Série B

“Um fato que eu sempre lamento é a lesão, mas não vamos ficar usando isso como muleta. Temos que buscar soluções aqui dentro e, com isso, vamos ganhando mais nomes. Temos que dar força e confiança aos atletas que vão jogar”, garantiu.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!