O Coritiba deve ter, diante do São Bento, neste sábado (21), às 16h30, no Couto Pereira, a sua décima dupla de zaga diferente nesta temporada. O zagueiro Rafael Lima, contratado na semana passada, está liberado e deve atuar diante dos paulistas ao lado de Thalisson Kelven, prata da casa e revelado pelo clube. Cessar os erros defensivos cometidos até agora na Série B do Campeonato Brasileiro é uma das prioridades do técnico Eduardo Baptista.

Até mesmo por isso, o treinador pediu contratações à diretoria do Coritiba, mas de jogadores mais experientes e que chegassem realmente em condições de vestir a camisa coxa-branca. Caso de Rafael Lima, que deve ser titular diante do São Bento, mas enalteceu a qualidade dos seus companheiros de defesa.

“Quando as coisas de alguma forma não caminham bem acaba estourando em algum setor. Costumo dizer que quando vence, o mérito é de todos, e quanto perde, não tem que ser apontado esse ou aquele setor como culpados. Venho treinando há cinco dias e pude perceber que o Coritiba conta com bons defensores. Então, venho para agregar. Com certeza todo atleta quer jogar. Se eu tiver a chance de jogar, vou mostrar que realmente posso vestir essa camisa, que tenho capacidade”, apontou o jogador.

Rafael Lima chega com a experiência de ter conseguido, no ano passado, o acesso à primeira divisão e o título da Série B pelo América-MG. O jogador ficou marcado ainda pelos gols decisivos que decretaram a ascensão do time mineiro à Série A e também da conquista do caneco da segundona. O defensor espera repetir a dose, agora pelo Coxa.

Confira a tabela e a classificação da Série B!

“Eu digo amém. Se Deus quiser, vai ser um segundo semestre realmente vitorioso para mim particularmente e espero que para o clube também. Não preciso fazer gol, desde que, lá em novembro, o Coritiba esteja na Série A novamente. Mas se eu fizer, se Deus me abençoar, com certeza ficarei muito feliz”, finalizou Rafael Lima.