O Coritiba terá que buscar fora de casa resultados expressivos para não morrer na praia e buscar o tão sonhado acesso à primeira divisão. O empate em 0x0 diante do Operário, na noite de quinta-feira (24), no Couto Pereira, foi péssimo para as pretensões do Coxa, que terá, agora, nos oito jogos restantes, somente mais três dentro de casa. Assim, vai buscar no duelo atrasado contra o Cuiabá, na próxima terça-feira (29), na Arena Pantanal, recuperar os pontos perdidos contra o Fantasma.

“Temos um jogo a menos. Esse jogo a menos só vai valer para a gente se conquistarmos a vitória. Não conseguimos vencer dentro de casa o Operário e agora temos que buscar fora”, avisou o meia-atacante Rafinha.

Diante do Operário, o Alviverde fez um péssimo primeiro tempo, mas conseguiu ter uma atuação melhor na etapa final. Brilhou, então, a estrela do goleiro Rodrigo Viana, que fez pelo menos três grandes defesas e impediu que o Coritiba saísse de campo com os três pontos.

“A gente brigou e lutou muito. O goleiro deles foi muito bem no jogo, fez grandes defesas. Paciência, né? Vamos correr atrás desses pontos. O importante é sempre somar pontos e agora temos que buscar fora de casa”, emendou o goleiro Alex Muralha.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Rafinha ainda criticou a atuação ruim do Coxa no primeiro tempo, mas destacou a melhora nos 45 minutos finais. “O que fizemos no segundo tempo a gente tinha que fazer desde o começo. Criamos boas chances, o goleiro fez grandes defesas. Temos agora que buscar fora. Não ganhamos em casa, temos um jogo a menos e temos que vencer”, finalizou o camisa 7.

Mais do Coxa:

+ Torcedor comparece ao Couto e não poupa críticas a Samir Namur
+ Jorginho admite oscilação do Coritiba e cobra jogadores