Couto Pereira lotado, torcida animada novamente e time em vivendo seu melhor momento na temporada. O cenário pode ser considerado ideal para o Coritiba marcar de vez sua arrancada na Série B do Campeonato Brasileiro no confronto direto contra o Figueirense, amanhã, às 16h30, no Alto da Glória. O time sustenta uma invencibilidade de cinco partidas na competição nacional e pode, inclusive, assumir a vice-liderança da segunda divisão em caso de vitória.

+ Leia mais: Coxa segue de olho no mercado em busca de reforços

Além do duelo contra o Figueira, o Coxa terá outra partida em casa na terça-feira que vem, diante do Brasil de Pelotas. É uma grande oportunidade para a equipe, quem sabe, encaixar duas vitórias seguidas na Série B, ampliar sua série invicta e, sobretudo, se consolidar no G4 da segunda divisão.

Para o lateral-direito Diogo Mateus, em um campeonato de pontos corridos, é indispensável encaixar uma sequência de vitórias. “A gente tem claro na cabeça que quando não der para vencer, lógico que é preferível você empatar do que perder. Se tivéssemos mais dois empates estaríamos em uma situação mais tranquila no G4. Contra o Sport fomos para vencer, poderíamos ter virado o primeiro tempo com 2×0. É um time forte e não foi fácil pontuar lá. Estamos empatados com o quarto colocado em número de pontos e agora temos dois jogos em casa e com certeza podemos deixar nossa situação melhor no campeonato”.

+ Veja ainda: Coritiba tem opções de sobra pra sequência da Série B

Os bons resultados e as atuações mais convincentes tornaram o time coxa-branca mais confiante para a sequência da Série B. Os jogadores pregam o pensamento jogo a jogo, mas não escondem que as duas partidas dentro de casa, além de significar a afirmação do Coritiba na competição nacional, podem, em caso da conquista dos seis pontos, colocar o Verdão na briga pela liderança do torneio.

“A gente olha para frente. Buscar sempre estar e ser melhor. São quatro pontos de diferença, duas vitórias ou uma vitória e um empate. Temos que ter tranquilidade, pensar jogo a jogo. A gente não buscar uma meta, fazer tantos pontos em tantos jogos. Pensamos que cada jogo será uma final. O mais importante sempre será o próximo. A gente pensa no Figueirense para conseguir a vitória”, garantiu o meia-atacante Juan Alano.

+ Também na Tribuna: Chapa de oposição lança candidatura pras eleições do Coritiba

No último jogo no Couto Pereira, quando venceu o Botafogo-SP por 3×2, o time alviverde parece ter feito as pazes de vez com a torcida. Mas mesmo com o clima favorável que deve tomar conta do Alto da Glória amanhã, diante do Figueira, o Verdão sabe que precisa seguir provando jogo a jogo que, de fato, está no caminho certo para recolocar o clube de novo na elite do futebol brasileiro. O estádio certamente estará lotado. A empolgação voltou e certamente mais de 30 mil torcedores vão empurrar a equipe para conquistar mais uma vitória na segunda divisão.

+ Confira a classificação completa da Série B

E é com esse espírito de final de campeonato que a equipe coxa-branca espera manter o bom momento e o bom ambiente com o torcedor. “Sabemos que estamos em uma sequência muito boa, cinco jogos de invencibilidade, mas não ganhamos nada ainda. Estamos trabalhando muito forte, sabemos que o jogo contra o Figueirense será muito difícil e precisamos estar concentrados para ficar com os três pontos”, finalizou Juan Alano.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, nossos blogs exclusivos e os Caçadores de NotíciasVem com a gente!