Ainda em busca de reforços para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, o Coritiba já tem uma espinha dorsal formada para começar a Segundona. Faltam peças importantes encaixarem no time comandado pelo técnico Umberto Louzer, que já conseguiu criar o que ele chama de alicerce neste começo de trabalho.

Além de ter um “problema bom” para resolver no gol, com Wilson e Alex Muralha, que estão à disposição, o treinador conta com outros jogadores que são considerados titulares absolutos. Ainda na defesa, se não encontrou a regularidade que precisa nos laterais Sávio e Fabiano, conta com os zagueiros Alan Costa e Sabino como a dupla titular e que mais atuou neste começo de ano. Alan Costa, inclusive, entrou em campo em todos os jogos do Verdão em 2019.

+ Leia também: Dirceu Krüger recebe alta após se recuperar de cirurgia

No meio de campo, dois jogadores também conseguiram se firmar. No setor de contenção, o volante João Vitor ficou marcado por sua regularidade. Seu companheiro é que ainda não está bem definido, mas Vitor Carvalho e Matheus Bueno foram os que mais atuaram. Na criação, o meia Giovanni é o principal articular do Coxa, mas o armador sofreu em alguns momentos com o desgaste físico e algumas lesões. Por isso, é uma posição carente e que a diretoria deve reforçar para a disputa da Série B.

+ Mais na Tribuna: Em quase dois meses de trabalho, Louzer melhorou números do Coxa

No ataque, para fechar a espinha dorsal do Coritiba está o atacante Rodrigão. O jogador se encaixou bem no time e conseguiu marcar oito gols em nove duelos realizados pela equipe. A importância do camisa 9 é tão grande que é o time que parece jogar em função do centroavante.

Falta agora Louzer encontrar os companheiros ideais para formar o setor ofensivo do Alviverde. O lateral-esquerdo Patrick Brey, atuando improvisado, tem conseguido se firmar. Juan Alano também foi titular na maioria das partidas sob o comando do técnico, mas ainda oscila bastante. Welinton Júnior está pedindo passagem e, recentemente, para a função de lado do campo, a diretoria contratou o meia-atacante Arancibia e o atacante Lucas Tocantins.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!