O Coritiba entra em campo neste domingo (17), às 17h, no Estádio Olímpico, pra encarar o FC Cascavel, a grande surpresa até agora no Campeonato Paranaense. A partida vale vaga na final da Taça Barcímio Sicupira, o primeiro turno do Estadual. Não bastasse encarar o único time que se classificou às semifinais por antecipação, o Alviverde vive um período de turbulência.

+ Leia mais: Confira detalhes da preparação do Coritiba pra encarar o Cascavel

Na madrugada de sábado (16), o técnico Argel Fucks foi desligado do comando técnico da equipe. A gota d´água foi a eliminação precoce na Copa do Brasil diante no modesto URT-MG, último colocado do Campeonato Mineiro. A derrota por 3×2 em Patos de Minas não custou apenas a despedida da competição e do treinador. Devido ao mau tempo, a delegação foi forçada a passar a noite em São Paulo e teve de seguir direto para Cascavel, onde disputa o jogo decisivo contra a Serpente. Mais do que a classificação pra final, uma vitória representa um esboço de reação no time, que decepcionou o torcedor no meio da semana.

No compromisso, quem será o responsável pela equipe é o auxiliar técnico Matheus Costa, que assume interinamente o time até que o novo treinador assuma. Uma fonte da Tribuna garantiu que já houve um primeiro contato com Claudio Tencati e que a negociação deve ser consolidada depois da partida contra a Serpente.

+ Veja também: Oeste em festa com a campanha do FC Cascavel

Apesar do revés sofrido em Minas, no meio de semana, o Alviverde deve ter a mesma formação que começou jogando contra a URT-MG. Ainda sem o lateral-direito Sávio, que se recupera de contusão, a expectativa está em seu substituto. A tendência é que o zagueiro Geovane siga improvisado, mas Felipe Mattioni, que ainda busca sua melhor forma física, também pode pintar. Outro que entrou bem no jogo e pode aparecer entre os titulares é Kady, o que provocaria a saída de Juan Alano do time.

+ Confira a classificação completa do Campeonato Paranaense

No lado do FC Cascavel, o técnico Paulo Foiani, ex-jogador do Coritiba, poderá contar com a volta de quatro peças importantes de sua equipe para o compromisso decisivo, todos recuperados de contusões. Pra reforçar a defesa, o goleiro Fernando e o lateral-esquerdo William Simões estão de volta. No setor de criação, o meia Lucas Tocantins também retorna. Por fim, na linha de frente, a Serpente terá a presença do atacante Ricardo Lobo.

Torcida em Cascavel faz fila pra comprar ingresso pra semifinal contra o Coxa. Foto: Divulgação/FC Cascavel
Torcida em Cascavel faz fila pra comprar ingresso pra semifinal contra o Coxa. Foto: Divulgação/FC Cascavel

 

 

 

 

 

À ocasião da divulgação da arbitragem do jogo, que será encabeçada pelo árbitro Paulo Roberto Alves Júnior, filho do ex-dirigente do Cori, Paulinho Alves, a diretoria do FC Cascavel exigiu a mudança no apito. A alegação do presidente Valdinei Silva é de que a Serpente já foi prejudicada por ele em outras oportunidades. No entanto, a Federação Paranaense de Futebol (FPF) negou a solicitação.

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO PARANAENSE
Semifinal – Taça Barcímio Sicupira

FC Cascavel x Coritiba

FC Cascavel
Fernando; Everton, Ítallo, Hitalo Rogério e Wilian Simões; Duda, Bartholo, e Libano (Oberdan); Lucas Tocantins, Mateuzinho e Ricardo Lobo.
Técnico: Paulo Foiani

Coritiba
Wilson; Geovane (Felipe Mattioni), Alan Costa, Sabino e Fabiano; João Vitor, Vítor Carvalho, Giovanni e Juan Alano (Kady); Iago e Rodrigão.
Técnico: Matheus Costa

Local: Estádio Olímpico Regional, em Cascavel
Horário: 17h
Árbitro: Paulo Roberto AlvesJúnior
Assistentes: Pedro Martinelli Christino e Júlio César de Souza

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!